Jornal diariOnline Região Sul

Instituto Piaget de Silves promoveu workshop de Anatomia Humana

O Instituto Piaget de Silves (IPS) dinamizou um workshop de Anatomia Humana para alunos do 1º ciclo do ensino básico do Centro Escolar do Pontal, em Portimão, sob a orientação da Fisioterapeuta e docente Beatriz Minghelli, com a colaboração de estudantes da licenciatura de Fisioterapia.

Esta iniciativa repete-se há três anos e tem como principal objetivo solidificar os conhecimentos de Anatomia, adquiridos em sala de aula, através de uma abordagem mais prática, permitindo aos alunos o manuseio de peças anatómicas de tamanho real.

Esta atividade está inserida no plano de atividades do Gabinete de Promoção e Educação para a Saúde do IPS, que desenvolve um conjunto de iniciativas e atividades no âmbito da saúde, com o objetivo de promover o conhecimento e melhorar as condições de saúde, desenvolver o potencial de saúde individual e coletivo, através de ações estratégicas e concertadas com diversos elementos internos e externos ao IPS, entre outros objetivos.

O IPS na interação com a comunidade promove a literacia em saúde, e também as competências inter-relacionais dos seus estudantes. As parcerias estratégias locais são mecanismos para unir as autoridades locais, residentes, instituições privadas, organizações setoriais de voluntários e comunitárias, de forma a criar uma estratégia comunitária sustentável para a cidade com o objetivo da promoção da saúde. Os laços de coesão social e as relações de solidariedade e confiança entre pessoas e grupos são fundamentais para a promoção e proteção da saúde individual e coletiva.

Segundo a carta de Ottawa (1986) a Promoção da Saúde é um “processo que visa criar as condições que permitam aos indivíduos e aos grupos controlar a sua saúde, a dos grupos em que se inserem e agir sobre os fatores que a influenciam”. As estratégias da Promoção da Saúde enfatizam a atuação sobre os determinantes da saúde e a participação de políticas públicas intersetoriais, de forma a promover a melhoria da qualidade de vida das populações, reforçando a tendência da redução das responsabilidades do Estado, delegando aos próprios indivíduos, progressivamente, o seu auto-cuidado.



Comentários

comentários