Jornal diariOnline Região Sul

Praia da Ilha da Fuseta está reaberta ao público

Tal como noticiado pelo diáriOnline Região Sul, a Ilha da Fuseta, uma das mais belas praias do Algarve, já se encontra em condições de receber de braços abertos os muitos olhanenses e veraneantes que aguardavam com expetativa que voltasse a ser possível usufruir daquele areal, depois das consequências nefastas do mau tempo do último inverno, que “roubou” grande parte da ilha.

Apesar de alguns atrasos, em articulação com o Município de Olhão, a Sociedade Polis Litoral Ria Formosa decidiu centrar os trabalhos na reposição dos 200 metros da área concessionada, para prejudicar o mínimo possível a atividade turística.

Também os passadiços foram reconstruídos, bem como o cais de embarque e as respetivas passadeiras, cujas intervenções, da responsabilidade do Município, tiveram um valor total de 219 mil euros, provenientes do Fundo do Ambiente.

A Autarquia refere em comunicado que, até agora, foram repostos 20 mil metros cúbicos de areia nos 200 metros da zona concessionada, num total de 80 mil metros cúbicos que serão repostos até à conclusão dos trabalhos de reforço do cordão dunar, que continuam a decorrer a bom ritmo na vertente nascente da Ilha da Fuseta.

Tendo em conta que já é possível usufruir da bela praia, ontem foram hasteadas as bandeiras Azul e Qualidade de Ouro da Quercus com que a zona balnear olhanense voltou a ser distinguida este ano.

“Quero agradecer o empenho do senhor ministro do Ambiente e da Sociedade Polis, que tudo fizeram para, apesar de alguns atrasos, reabrir a praia o mais rapidamente possível, prejudicando o mínimo concessionários e veraneantes”, disse António Miguel Pina, presidente da Câmara Municipal, que foi uma das primeiras pessoas a pisar o “novo” areal da Fuseta.

“Este ano só temos praia da Fuseta porque o desassoreamento do canal da Barra já estava previsto, tendo-se aproveitado o resultado da dragagem para a reposição de areias na ilha. A Ria Formosa é um sistema ‘vivo’, em constante mutação e particularmente exposto aos efeitos das intempéries e das alterações climáticas”, finalizou o autarca de Olhão.

A Ilha da Fuseta é uma das zonas balneares mais procuradas do concelho de Olhão, recebendo anualmente mais de 200 mil pessoas.



Comentários

comentários