Jornal diariOnline Região Sul

Cidade do Arade em festa entre a maresia e o aroma da Sardinha Assada

Sardinha Assada (Foto de Miguel Veterano)

Na zona ribeirinha de Portimão, entre 1 e 5 de agosto, acontece mais uma edição do Festival da Sardinha

Uma vez mais, com o seu principal ícone gastronómico em destaque, a cidade de Portimão vai estar em festa, aliando ao aroma da tradicional sardinhada, um programa de animação recheado de talentos e a maresia do Arade a entrar no Atlântico.

O festival da Sardinha está na sua 24ª edição e, como se sabe, é um dos mais emblemáticos certames gastronómicos do nosso país, cuja “primeira edição remonta a 1985 e que este ano volta a ter lugar na zona ribeirinha da cidade”, com cinco noites de verdadeira festa e convívio, como nos anuncia a autarquia portimonense em nota enviada ao nosso jornal, enquanto entidade organizadora.

A afamada Sardinha Assada como manda a tradição, em Pão Caseiro ou no prato acompanhada com a Batata Cozida e a salada à Algarvia, seguida da animação que também será uma constante na Zona Ribeirinha, entre o museu de Portimão e a zona entre pontes, onde não faltam também exposições, artesanato, doçaria, animação de rua e sonoridades diversas, que vão do folclore à música tradicional portuguesa, passando ainda pelo teatro e pela tradicional Feira do Livro, são argumentos mais do que suficientes para justificar uma visita à cidade do Arade entre 1 e 5 de agosto.

Cartaz do Festival da Sardinha
Mais de dois mil lugares sentados

Os restaurantes associados a este Festival da Sardinha são: À Ravessa, Casa Bica, Dona Barca, Forte e Feio, O Meco, Retiro do Peixe Assado, Ú Venâncio e Zizá, que exibindo nas entradas dos seus estabelecimentos a insígnia “Aqui há Sardinha!”, identificam a sua associação ao certame e garantem aos visitantes, "a qualidade e garantia de que, nestes estabelecimentos, poderão saborear a melhor Sardinha Assada da cidade, acompanhada com a batata cozida e a tradicional salada à Algarvia".
Serão, portanto, mais de dois mil lugares sentados, repartidos por oito restaurantes.

Animação musical

A composição do programa de animação musical, que começa no dia 1 de agosto, apresentará no arranque o cantor e compositor angolano Matias Damásio, que vem apresentar o seu mais recente trabalho, intitulado “Por Amor”; no dia 2 de agosto, num tributo à banda Xutos & Pontapés, em palco estará a banda local Tributo Total; no dia 3 a actuação principal do certame será da responsabilidade de Raquel Tavares, uma das mais importantes e consistentes vozes do Fado contemporâneo nacional; no dia 4 Ana Bacalhau apresenta-se em nome individual com o álbum “Nome Próprio”; e no último dia, 5 de agosto, a encerrar o Festival, o trio The Black Mamba fará o público vibrar com o seu espetáculo, seguramente !...

A entrada no Festival da sardinha é livre. A não perder!...



Comentários

comentários