Polícia Marítima fiscaliza campismo selvagem na Ilha da Culatra

O Comando-local da Polícia Marítima de Olhão realizou, no dia 28 de julho, uma ação de fiscalização dedicada ao campismo selvagem, na Ilha da Culatra.

​Nesta ação foi efetuada a fiscalização a 38 pessoas divididas em quatro grupos, da qual resultaram três autos de notícia devido à montagem de tendas de campismo e realização de fogueiras nas dunas, considerada área sensível, integrada no Parque Natural da Ria Formosa.

Pub

Estes grupos incorrerem em contra-ordenações graves e muitos graves em que as coimas poderão ir dos 400 aos 4.000 euros, no caso do campismo, e dos 20.000 aos 200.000 euros,  no caso de foguear em área de reserva natural.



Pub
Mais em Ambiente
Observação de cetáceos com formação em Lagos

É já nos próximos dias 6, 7 e 8 de junho que terá lugar a…

Quinta Pedagógica de Portimão celebra Dia Mundial das Abelhas

Pelo segundo ano, a Quinta Pedagógica de Portimão vai ser palco das comemorações locais do…

Portugal mantém-se entre seca moderada e seca severa

No último dia do mês de abril, 8,5% do território de Portugal continental estava em seca fraca e 4,3% em seca severa, segundo fonte do IPMA.

Cetáceos
CCMAR avalia abundância de cetáceos na costa algarvia

Um novo estudo promovido pelo Centro de Ciências do Mar (CCMAR) procura compreender e avaliar a abundância de cetáceos na costa