Elidérico Viegas, João Fernandes, Fátima Catarina e Nuno da Silva Monteiro

João Fernandes quer rejuvenescer a oferta e criar mais razões para turistas visitarem o Algarve

Rejuvenescer a oferta e encontrar novas razões para continuar a chamar turistas à região são as metas de João Fernandes, que tomou posse na passada sexta-feira para um mandato de cinco anos como presidente do Turismo do Algarve.

Na Escola de Hotelaria e Turismo do Algarve, em Faro, entidade que dirigiu antes de se tornar vice-presidente de Desidério Silva na RTA, o novo líder da instituição acolheu empresários, autarcas e representantes de várias entidades locais, regionais e nacionais, incluindo três secretários de Estado: Ana Mendes Godinho (Turismo), José Apolinário (Pescas) e Miguel Freitas (Agricultura).

Pub

O dirigente lembrou que o Algarve soma tantas dormidas como outras cinco regiões do país em conjunto (Norte, Centro, Alentejo, Madeira e Açores) e que disputa “o espaço internacional mais competitivo do turismo à escala global – o Mediterrâneo”.

Depois de um período de bonança, a atual situação, que conjuga a falência de companhias áreas que serviam a região, o processo do «Brexit» e a reemergência de destinos como Tunísia, Egito e Turquia, “configura uma conjuntura a que importa atender com medidas concretas”.

“Com a energia de quem acaba de chegar, mas com a experiência de quem já cá estava”, João Fernandes reconheceu que as entidades regionais de turismo têm, contudo, “cada vez mais dificuldades e menos meios para alavancar esta fase positiva”.

João Fernandes

Por isso, sublinhou, a RTA deve encontrar espaço para intervir em várias como elo de ligação entre público e privado. Financiamento, emprego e recursos humanos, promoção externa, captação de investimento e inovação são algumas das áreas em questão.

Pub

“A região tem de desenvolver novas motivações de visita, nomeadamente, através do turismo de negócios, turismo náutico, turismo acessível e a captação de estágios e de provas desportivas”, referiu o responsável, que, apoiado pelo PS e algumas associações empresariais, venceu as eleições para a liderança da RTA.

Para o rejuvenescimento da oferta, a secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, trouxe como novidade uma linha de crédito diretamente dirigida às empresas de turismo algarvias, no valor de 30 milhões de euros.

A governante frisou que o Algarve “precisa de reposicionamento, precisa de novos produtos e da requalificação de alguns produtos que estão a precisar de investimento”, transmitindo a ideia de que o governo está ao serviço da RTA.

“Assumam o contrário do que costuma ser. Em vez de ser a cabeça, Lisboa é o braço e assumam-se vocês como a cabeça. Nós somos os braços ao vosso serviço, para desenvolver e responder aos vossos reptos. Porque é aqui que se desenham as estratégias e se identificam os problemas e necessidades”, afirmou.

João Fernandes, 44 anos, contará na sua equipa com Fátima Catarina, enquanto vice-presidente, e Nuno da Silva Monteiro.

Pub

Elidérico Viegas, líder da AHETA e novo presidente da assembleia geral da RTA, lembrou que a nova equipa teve o apoio dos empresários, reclamando igualmente uma maior participação na procura de soluções para a gestão do turismo algarvio.

“Não é segredo para ninguém que as estruturas empresariais mais importantes do setor turístico regional se empenharam e envolveram diretamente na solução encontrada para gerir os destinos da RTA nos próximos anos. Porém, mais do que envolvimento na solução eleitoral, estas forças empresariais estão sobretudo empenhadas em colaborar ativamente com os novos dirigentes na procura das melhores soluções para o turismo algarvio”, assegurou.



Pub
Mais em Economia
Passagem dos ‘120 Anos de Triumph’ no Mar Shopping Algarve

A Triumph Portugal assinala a passagem do 120º aniversário da marca com uma exposição no Mar Shopping Algarve alusiva ao tema

Esperio: O banho de sangue de Wall Street pode abrir caminho para a Europa

A ameaça de um declínio perceptível nos lucros corporativos devido à escassez de dinheiro livre induzida pela inflação para os consumidores

Inflação atinge recorde de 8,1% na UE

Taxa de inflação homóloga da zona euro manteve-se estável nos 7,4% em abril, face a março, segundo informa o Eurostat.

Lagos recebeu empresários brasileiros com vista a futuras parcerias

A cidade de Lagos foi um dos pontos de passagem da delegação da missão ACIB…