Jornal diariOnline Região Sul

Castromarinenses celebraram Nossa Senhora dos Mártires

Uma das mais emblemáticas e significativas para os castromarinenses, as celebrações das Festas em Honra de Nossa Senhora dos Mártires tiveram ontem, quarta-feira, o seu mais alto momento, com a procissão e o concerto de Matias Damásio.

A praça 1.º de Maio foi pequena para acolher as centenas de pessoas que quiseram vir ao dia principal desta comemoração, também marcado pelas celebrações religiosas.

Com um programa rico e diversificado, desde o desporto, passando pela etnografia e artesanato, gastronomia e animação musical, as Festas em Honra de Nossa Senhora dos Mártires começaram logo no dia 12 de agosto, com a Prova de Mar «Vila de Castro Marim», na praia da Alagoa, em Altura.

O dia seguinte foi assinalado pela Festa da Juventude, com jogos de laser tag, dança power crew, uma color run, concertos de Major Almeida, Possessivo e Ho Chi Minh e, por fim, uma festa da espuma com o DJ Karussa.

Na terça-feira, as festas tiveram lugar no seu palco principal, no «coração» da vila raiana, a praça 1.º de Maio, com a Feira de Artesanato e Etnografia e o espetáculo do grupo de dança das Arutla, conduzidos pela professora Laura Pook e pelo Clube Recreativo Alturense.

O dia da padroeira, 15 de agosto, foi o dia de maior afluência. Além do público para o concerto de Matias Damásio, todos os anos centenas de fiéis vêm à procissão em honra da venerada Nossa Senhora dos Mártires, que percorre as ruas da vila numa das mais bonitas romarias do território.

Este foi também o dia da 2.ª edição do torneio anual de futsal «Nelson Solá», numa homenagem póstuma do Castromarinense ao antigo jogador.

As Festas em Honra de Nossa Senhora dos Mártires tiveram a organização da Câmara Municipal de Castro Marim e da Paróquia de São Tiago e o apoio dos clubes, associações locais e da Santa Casa da Misericórdia de Castro Marim.



Comentários

comentários