Jornal diariOnline Região Sul

GNR deteta mais de 4.000 condutores em excesso de velocidade

Na última semana, de 17 a 23 de agosto, a Guarda Nacional Republicana (GNR), para além da sua atividade operacional diária, levou a efeito um conjunto de operações em todo o território nacional, que visaram, para além de outros aspetos, a fiscalização rodoviária, tendo detetado 10.034 infrações em que se destacam 4.113 excessos de velocidade.

Foram também detetadas pelos militares da GNR 462 infrações por condução com taxa de álcool no sangue superior ao permitido por lei, 435 por falta de inspeção periódica obrigatória, 343 por falta ou incorreta utilização do cinto de segurança e/ou sistema de retenção para crianças, 332 relacionadas com anomalias nos sistemas de iluminação e sinalização, 294 por uso indevido do telemóvel no exercício da condução, 179 por falta de seguro de responsabilidade civil obrigatório e 160 relacionadas com tacógrafos.

No mesmo período foram detidas 414 pessoas em flagrante delito, destacando-se 164 por condução sob o efeito do álcool, 62 por condução sem habilitação legal, 53 por tráfico de estupefacientes, 26 por posse ilegal de arma e/ou arma proibida, 15 por furto, 4 por incêndio florestal, 3 por caça ilegal, 2 por ofensas à integridade física, 1 por ameaças e coação e 1 por violência doméstica.

A GNR apreendeu 1.905 doses de haxixe, 232 doses de liamba, 97 doses de cocaína, 31 pés de cannabis, 23 doses de heroína, 10 doses de anfetaminas, 20 armas de fogo, 22 armas brancas, 1.250 munições de diversos calibres, 22 veículos, 100 litros de combustível, 1.470 artigos contrafeitos, 1.064 quilos de pescado e 6.920 euros em numerário.



Comentários

comentários