Jornal diariOnline Região Sul

De pé, ao sol, à chuva e ao vento à espera do autocarro junto ao Mar Shopping

Se não denunciar, a sua vizinha vai ter sempre a melhor paragem

Na sequência do projeto levado a cabo pela DECO Algarve, a 22 de maio deste ano, “A Paragem da Vizinha é Melhor que a Minha”, desde então os técnicos têm realizado algumas visitas a paragens e apeadeiros da região no sentido de verificar as condições em que se encontram os abrigos.

A última, já anteriormente verificada, junto ao Mar Shopping, foi novamente visitada nesta sexta-feira, 24 de agosto, pelas 14h30, onde o diariOnline Região Sul marcou presença e constatou no terreno a situação, sob uma temperatura superior a 37 graus.

No local, perante o calor abrasador que se fazia sentir, constatamos que os utentes têm que procurar sombra nas pequenas árvores que existem junto à estrada, tendo recolhido o testemunho de viva voz de uma utente, sendo certo que quem espera pelo autocarro tem que ficar, de pé e consoante a época do ano, ao sol, à chuva e ao vento. Só num lado há bancos para sentar.

Este foi de facto o caso que mais chamou à atenção dos técnicos da DECO, em especial por ser um espaço comercial recentemente inaugurado, em que as duas paragens ali existentes junto ao Mar Shopping (ambas a sul dos parques de estacionamento), não têm abrigos para os passageiros.

Tânia Neves, jurista do Gabinete de Apoio ao Consumidor, pormenorizou a situação, bem como disse ao diariOnline que démarches já foram feitas no sentido de resolver a situação, que curiosamente, na paragem sul, estão a decorrer obras, há pouco mais de uma semana, para construção de um abrigo.

Situação anómala é o facto das passadeiras mais próximas se encontrarem a mais de 500 metros das paragens, levando a que os passageiros atravessem ali mesmo a estrada, com dupla faixa em cada sentido, colocando em causa a sua segurança.

A DECO alerta os utentes para que reportem todas as situações anómalas relacionadas com paragens de autocarro, estações e apeadeiros, diretamente no portal www.queixadostransportes.pt , para que posteriormente possa fazer a denúncia junto das entidades competentes para que as condições sejam melhoradas.



Comentários

comentários