Jornal diariOnline Região Sul

Bastonário da Ordem dos Médicos visita Hospital de Faro na terça-feira

Hospital de Faro

O bastonário da Ordem dos Médicos, Miguel Guimarães, visita amanhã, terça-feira, 28, o Hospital de Faro, para abordar a falta de médicos especialistas e a incapacidade em atrair jovens médicos para a região algarvia.

A Ordem dos Médicos (OM) pretende “verificar no local o impacto que a falta de médicos especialistas está a ter nesta região, ao nível do acesso aos cuidados de saúde e ao nível da formação médica”, refere, em comunicado.

O bastonário pretende ainda perceber como é que a unidade, que integra o Centro Hospitalar Universitário do Algarve (Faro), lidou com a carência de especialistas face ao aumento exponencial de população durante os meses de verão.

“A existência de queixas específicas em alguns serviços, como é o caso da Medicina Interna, da Cirurgia Geral e do serviço de Urgência, irá ser alvo de avaliação específica”, revela a OM.

O bastonário será acompanhado por outros dirigentes da Ordem dos Médicos - Alexandre Valentim Lourenço, presidente do Conselho Regional do Sul, Ulisses de Brito, presidente da Sub-região de Faro, João Furtado, membro do Conselho Regional do Sul, Maria João Nobre, membro da Assembleia de Representantes da Sub-Região de Faro, e Catarina Perry da Câmara, presidente do Conselho Nacional do Médico Interno - e ainda o presidente da direção do Colégio de Cirurgia Geral, Menezes da Silva, e um representante da direção do Colégio de Medicina Interna, Carlos Monteverde.

Após a reunião com os responsáveis do hospital e declarações aos jornalistas, ao final da manhã, a comitiva vai ainda, durante a tarde de terça-feira, visitar os centros de saúde de Faro e de Loulé.



Comentários

comentários