Jornal diariOnline Região Sul

Miguel Freitas inaugura VI Feira da Dieta Mediterrânica hoje em Tavira

Com mais de 100 ações em agenda, arranca hoje e prolonga-se até domingo, dias 6 a 9, a VI Feira da Dieta Mediterrânica, que terá como palco o centro histórico de Tavira, as margens do rio Gilão e o alto de Santa Maria.

A abertura oficial decorre esta tarde, pelas 18:00 horas, na praça da República, contando com a presença do secretário de Estado das Florestas e do Desenvolvimento Rural, o algarvio Miguel Freitas.

Esta edição, inserida no Plano de Salvaguarda aprovado pela UNESCO, tal como as anteriores, resulta da inscrição da dieta mediterrânica na Lista do Património Cultural Imaterial da Humanidade, a 4 de dezembro de 2013, em Baku, no Azerbeijão, com a inclusão de Portugal e da sua comunidade representativa Tavira.

O programa de 2018 - disponível no sítio http://www.cm-tavira.pt/site/sites/default/files/cmt/programaFDM2018_web.pdf - reflete o trabalho de parceria alargada, com a feira institucional e presença de outros países, de instituições nacionais e regionais, mercado de produtores, mostras botânicas, praça da convivialidade e restauração, provas gastronómicas e petiscos, música e outras artes performativas, poesia, exposições, projeções, visitas ao património e às coleções de fruteiras e muitas outras novidades.

A feira contará com stands institucionais, mercado de produtores, aconselhamento nutricional e cardiovascular, jardim mediterrânico, exposição de sementes e variedades endógenas, o «Vaivém» do Oceanário de Lisboa, atividade física promovida por ginásios locais, carrossel ecológico, homens-estátua, exposições no Museu Municipal de Tavira e conversas sobre temáticas relacionadas com a dieta mediterrânica.

O Mercado da Ribeira e o Mercado Municipal contarão com demonstrações, oficinas e exposições culinárias, como a ação «O Polvo é Quem mais Ordena» (sábado, 8, às 18:00), enquanto para o público infantojuvenil foi pensado um programa e dois espaços especiais.

Na agenda musical, na Praça da República atuarão António Zambujo (6 de setembro), o andaluz Diego El Cigala (7), a fadista Carminho (8) e Agir (9).

O palco do Castelo receberá os italianos Mascarimiri, os gregos Ria Ellinidou & Band “Colours of Greece”, a andaluza Rocío Marquez e os marroquinos AYWA e a Igreja da Misericórdia será palco dos concertos do quarteto Ensemble Med e da jovem pianista andaluza Penélope Carrasco.

Na Igreja das Ondas, haverá uma viagem pela poesia mediterrânica com Carlos Mota de Oliveira acompanhado por António Candeias, ainda o Duo Mediterraneus e os Suono Cantabile com voz e alaúde.

Grupos etnográficos portugueses, ranchos folclóricos, a Banda Musical de Tavira, o Grupo de Pedrinhas de Arronches, Os Ganhões de Castro Verde, Cana Rachada da Azambuja, os Chocalheiros de Vila Verde de Ficalho e a mascarada tradicional dos Caretos de Podence também vão marcar presença, assim como grupos de música popular portuguesa, oficinas de danças tradicionais mediterrânicas e o evento «Fado com História», no Largo da Capela de Nossa Senhora da Piedade.

A gastronomia mediterrânica estará disponível nos cinco restaurantes e tascas, na Praça da Convivialidade/Parque do Palácio da Galeria, mas aderiram à feira dezenas de restaurantes do concelho que disponibilizam menus relacionados com a dieta mediterrânica.



Comentários

comentários