Jornal diariOnline Região Sul

Preservar a nossa identidade é o grande objetivo da Dieta Mediterrânica

Miguel Freitas inaugurou VI Feira da Dieta Mediterrânica que está patente até domingo em Tavira

Presidida pelo algarvio Miguel Freitas, Secretário de Estado das Florestas e do Desenvolvimento Rural, a cerimónia de abertura da VI Feira da Dieta Mediterrânica, decorreu ontem ao final da tarde no Jardim do Coreto em Tavira, onde também marcaram presença, recebidos pelo anfitrião Jorge Botelho, presidente da Autarquia, diversas entidades publicas.

Jorge Botelho começou por declarar ao diariOnline Região Sul que "O Algarve tem uma vertente cultural muito importante e dentro das vertentes culturais tem a vertente cultural e imaterial que é esta coisa que nós não podemos tocar mas que somos nós. Nós não demos muito valor a isto mas agora cada vez mais isto se nota, que é isto que o turismo também procura ..."

O presidente da Autarquia falou também do percurso até aqui percorrido, bem como realçou a grande mensagem que a Dieta Mediterrânica tem na sua génese.

No discurso de abertura Jorge Botelho destacou o empenho de todos os funcionários da Autarquia e não só, para que a VI Feira da Dieta Mediterrânica seja uma realidade, a qual está a decorrer até domingo nas margens do rio Gilão, em pleno centro histórico de Tavira.

Miguel Freitas disse ao diariOnline Região Sul, que "do ponto de vista turístico a Dieta Mediterrânica é muito importante, não só para o Algarve mas para todo o país, bem como realçou a sua importância para a saúde mundial...", acrescentando ainda que "já foi criado o Centro de Competências da Dieta Mediterrânica, o qual servirá para garantir a preservação na nossa identidade...".

Saliente-se que a VI Feira da Dieta Mediterrânica, está inserida no Plano de Salvaguarda aprovado pela UNESCO, tal como as anteriores, resultando da inscrição da Dieta Mediterrânica na Lista do Património Cultural Imaterial da Humanidade, a 4 de dezembro de 2013, em Baku, no Azerbeijão, com a inclusão de Portugal e da sua comunidade representativa Tavira.

No que concerne à animação, no palco na Praça da Republica, na primeira noite atuou António Zambujo, hoje é o andaluz Diego El Cigala que sobe ao palco, amanhã será a fadista Carminho e no derradeiro dia do evento será Agir.

AGIR atua domingo no palco na Praça da Republica

O palco do Castelo receberá os italianos Mascarimiri, os gregos Ria Ellinidou & Band “Colours of Greece”, a andaluza Rocío Marquez e os marroquinos AYWA. A Igreja da Misericórdia será palco dos concertos do quarteto Ensemble Med e da jovem pianista andaluza Penélope Carrasco.

Na Igreja das Ondas, haverá uma viagem pela poesia mediterrânica com Carlos Mota de Oliveira acompanhado por António Candeias, ainda o Duo Mediterraneus e os Suono Cantabile com voz e alaúde.

Mas há mais, muito mais animação proporcionada por grupos etnográficos portugueses, ranchos folclóricos, a Banda Musical de Tavira, o Grupo de Pedrinhas de Arronches, Os Ganhões de Castro Verde, Cana Rachada da Azambuja, os Chocalheiros de Vila Verde de Ficalho e a mascarada tradicional dos Caretos de Podence também vão marcar presença, assim como grupos de música popular portuguesa, oficinas de danças tradicionais mediterrânicas e o evento «Fado com História», no Largo da Capela de Nossa Senhora da Piedade.

Para uma consulta ao programa completo da VI Feira da Dieta Mediterrânica, sugerimos que clique aqui.



Comentários

comentários