Risco de incêndio muito elevado no Algarve nos próximos dias

 

A Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) alertou hoje para o risco de incêndio “muito elevado e máximo” em vários municípios do interior Norte e Centro, Alentejo e Algarve, durante os próximos dias.

O cenário meteorológico previsto pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) “traduz-se num índice de risco de incêndio em nível muito elevado e máximo na generalidade dos municípios das regiões do interior Norte e Centro, Alentejo e Algarve e em nível elevado na maioria dos restantes municípios dessas regiões”, assinalou a Proteção Civil.

Pub

Em função da previsão das condições meteorológicas, é expectável tempo quente e seco, “com incidência nas condições favoráveis à eventual ocorrência e propagação de incêndios rurais”, acrescenta a ANPC, em comunicado.

De acordo com a informação disponibilizada pelo IPMA prevê-se uma subida gradual da temperatura máxima entre o próximo dia 22 e o dia 24, fixando-se na generalidade do país acima dos 30º, podendo atingir valores próximos ou iguais a 40º em particular nas regiões do vale do Tejo e Alentejo interior.

A temperatura mínima terá valores acima dos 20º, em particular nas regiões Centro e Sul, segundo o IPMA.

A ANPC recorda que, de acordo com as disposições legais em vigor, não é permitida a realização de queimadas, de fogueiras para recreio ou lazer, ou para confeção de alimentos; a utilização de equipamentos de queima e de combustão destinados à iluminação ou à confeção de alimentos; queimar matos cortados e amontoados e qualquer tipo de sobrantes de exploração; o lançamento de balões com mecha acesa ou qualquer outro tipo de foguetes; fumar ou fazer lume de qualquer tipo nos espaços florestais e vias circundantes; e a fumigação ou desinfestação em apiários com fumigadores que não estejam equipados com dispositivos de retenção de faúlhas.

Pub

A Proteção Civil salienta também alguns cuidados especiais a ter na realização de trabalhos agrícolas e florestais, nomeadamente manter as máquinas e equipamentos limpos de óleos e poeiras, abastecer as máquinas a frio e em local com pouca vegetação e ter cuidado com as faíscas durante o seu manuseamento, evitando a sua utilização nos períodos de maior calor.

A ANPC recomenda ainda a necessidade de todos “adequarem os comportamentos e atitudes face à situação de perigo de incêndios rurais”, nomeadamente com a adoção das necessárias medidas de prevenção e precaução, observando as proibições em vigor e tomando especial atenção à evolução do perigo de incêndio para os próximos dias, disponível junto dos sítios da internet da ANPC e do IPMA, junto dos Gabinetes Técnicos Florestais das autarquias e dos corpos de bombeiros.



Pub
Mais em Sociedade
Janelas
Casa do Povo convida olhanenses a enfeitarem portas e janelas

A Casa do Povo do Concelho de Olhão convidou os olhanenses a participarem no evento «Janelas e Portas Floridas», enfeitando as suas casas

Símbolos heráldicos apresentados na “Linha do Tempo”

O ciclo “LOULÉ na linha do tempo” traz ao Arquivo Municipal Professor Joaquim Romero Magalhães,…

Detido em Tavira por tráfico de droga e furtos

Um homem de 36 anos foi detido ontem, 18 de maio, por tráfico de estupefacientes e furtos, na localidade de Pego do Inferno, no concelho de

Odemira recebe Torneio Regional de Fundo e Nadador Completo

A Piscina Municipal de Odemira vai receber, no próximo fim-de-semana, nos dias 21 e 22 de maio, o Torneio Regional de Fundo e Nadador…