Jornal diariOnline Região Sul. O seu portal de notícias Algarve e Alentejo Portugal

20 anos de Ideias Frescas do Algarve para o mundo global

Em Loulé, era dia 23 de outubro de 1998, a Internet tinha chegado havia pouco tempo mas começava a conquistar - apesar de muitas interrogações - espaço em todas as áreas de negócio, em particular na região algarvia, na indústria hoteleira. Entretanto passaram 20 anos e a empresa que nasceu para ser "Verde Alface", chama-se "Ideias Frescas", cuja história é contada na primeira pessoa por Tiago Vieira, um dos mentores e sócio da empresa, que adianta também serem alguns hotéis algarvios os primeiros clientes da empresa, que desde 2001 está sediada na capital algarvia.

Recorde-se que as origens da Internet remontam a uma pesquisa encomendada pelo governo dos EUA, na década de 1960, para construir uma forma de comunicação robusta e sem falhas através de redes de computadores. Embora este trabalho, juntamente com projetos no Reino Unido e na França, tenha levado a criação de redes precursoras importantes, ele não criou a Internet e não há consenso sobre a data exata em que a Internet moderna surgiu, mas foi em algum momento em meados da década de 1980.

Antes da Internet aparecer em força, incluindo imagem e programação, era a imagem gráfica estática que mais se utilizava para fazer chegar a mensagem às pessoas e foi por aí que a Ideias Frescas começou, assumindo-se como uma empresa multimédia, como explica o José Carlos, outro dos mentores e sócio da empresa, que realça a importância da imagem numa página - website - mas também a ligação da imagem com a programação, por forma a que a comunicação no seu todo cumpra a sua função.

Com a evolução através dos tempos, hoje, a cada segundo, tudo se modificou e a Ideias Frescas acompanha e inova nas formas de comunicação, ainda que alguns métodos mais antigos sejam utilizados e interligados às novas formas de comunicar. Homem com responsabilidade na imagem, porque os olhos vêm primeiro, sobre a inspiração, José Carlos é perentório em afirmar que é um processo técnico, todos nós temos inspiração... confirmando que continua a haver Ideias Frescas.

Inevitavelmente quando se fala de Internet tem que se falar de Redes Sociais e ao contrário do que se possa pensar, as mesmas vieram potenciar ainda mais os websites, porque, quando se publica e partilha numa rede social o objetivo é levar pessoas a visitar o website. Tiago Vieira reconhece que as mentes estão muito mais abertas para a Internet, não se podendo viver hoje em dia sem tecnologia e sem Internet.

"As pessoas estão cada vez mais a admitir necessitar da ferramenta" - João Pires

Comercialmente falando, o responsável comercial da Ideias Frescas, João Pires, admite que as mentalidades mudaram e continuam a mudar, sendo notório que as pessoas estão cada vez mais a admitir necessitar da 'ferramenta', porque sem comunicar é complicado sobreviver face às empresas que comunicam... Quanto à ideias Frescas, o nosso entrevistado refere que a empresa é referência no mercado, tendo em conta os 20 anos de existência e o "know-how" adquirido.

Ouvir e aconselhar o cliente, transmitir à equipa e apresentar o produto final, acaba por ser uma tarefa fácil, porque a experiência adquirida tem um peso muito grande, afirma João Pires, que integra a equipa da Ideias Frescas, constituída atualmente por 9 pessoas, realçando que o futuro irá transformar-se e a empresa, tal como o fez anteriormente, irá adaptar-se e irão continuar a surgir Ideias Frescas.

Falando do futuro, que continua a evoluir segundo a segundo, Tiago Vieira afirma que a Web é os carris do seu comboio e a Ideias Frescas vai estar preparada para continuar a apresentar as soluções mais inovadoras, focando-se na solução e não no problema que lhes é apresentado. Afinando pelo mesmo diapasão, José Carlos vai mais longe e diz que nos próximos cinco a dez anos vão surgir mudanças radicais ao nível tecnológico.

Em suma, vão continuar a surgir mais Ideias Frescas em Faro, tal como as que foram apresentadas e colocadas em prática, como é o caso da nova plataforma do jornal diariOnline Região Sul, colocada online em fevereiro de 2017.

Exit mobile version