Um em cada dez portugueses ainda acredita que a Psoríase é uma doença contagiosa

 

Comemora-se hoje, dia 29 de outubro, o Dia Mundial da Psoríase, e de acordo com o novo estudo levado a cabo pela PSO Portugal e empresas Spirituc e Guess What, a maioria dos portugueses já ouviu falar em psoríase, mas há ainda mitos associados à doença que importa desmistificar, revela um estudo sobre o conhecimento que os portugueses têm da doença.

Os mais de 400 questionários realizados revelam que 72% dos inquiridos conhece ou já ouviu falar sobre a psoríase, ainda que mais de um em cada dez continue a acreditar que esta se trata de um problema contagioso. Estes dados foram apresentados no âmbito do Dia Mundial da Psoríase que se assinala hoje, dia 29 de outubro.

Pub

De acordo com o mesmo estudo e outros dados,  86% dos inquiridos revelou saber que esta é uma doença que não tem cura, com 2% a acreditar que se trata de um problema potencialmente mortal.

Para além destes dados, foram ainda apresentados os resultados de um estudo que avalia os principais impactos da doença na qualidade de vida de quem dela sofre.

A psoríase, doença que afeta cerca de 250 mil pessoas em Portugal, é uma doença crónica da pele, não contagiosa, que pode surgir em qualquer idade. Caracteriza-se geralmente, pelo aparecimento de lesões vermelhas, espessas e descamativas, habitualmente nos cotovelos, joelhos, região lombar e couro cabeludo. Nos casos mais graves, estas lesões podem cobrir extensas áreas do corpo. Sendo uma doença pouco conhecida, é necessário informar e desmistificar quem lida com ela direta e indiretamente.

Sobre a PSO - Associação Portuguesa de Psoríase

A PSOPortugal – Associação Portuguesa da Psoríase foi formalmente constituída em Fevereiro, como resultado da união de um conjunto de pessoas que, em 2004, se cruzou e sentiu a necessidade de criar uma associação que defendesse, apoiasse e desse voz aos doentes de psoríase.

Pub

Pub
Mais em Saúde
Europa continua em alerta vermelho no mapa europeu das infeções de Covid-19

Portugal, França e Itália mantêm o nível máximo de infeções de COVID-19. A Espanha continua…

EUA confirmam primeiro caso de varíola do macaco em 2022

Sintomas da doença incluem febre, dor de cabeça, dores musculares, dores nas costas, calafrios e…

Sobe para 14 o número de casos de varíola dos macacos no país

Há ainda outros dois casos suspeitos de Monkeypox, que se encontram sob análise.

Portugal identifica cinco infeções por varíola, Espanha 8 suspeitos

Depois do Reino Unido ter colocado a Europa em alerta para o vírus da varíola,…