Lagoa a “Aprender a ser para melhor aprender”

O colóquio “Aprender a ser para melhor aprender” aconteceu perante uma plateia cheia, no passado dia 30 de novembro, no Auditório Carlos do Carmo onde se assinalou o Dia Internacional das Cidades Educadoras com a «partilha de muitas ideias sobre o que é e como deveria ser a educação».

No discurso do presidente da autarquia, Francisco Martins, o destaque vai para o sentimento «da educação e a cultura como base da nossa sociedade».

Pub

A ideia em destaque é propositadamente focada numa rede internacional voltada para a educação mas com intervenção local, assumindo o executivo camarário o seu papel de destaque.

Paulo Águas, Reitor da Universidade do Algarve (UALg), na sua intervenção citou um estudo das Nações Unidas que encara Portugal como um país desenvolvido, no entanto «temos que estar em permanente desassossego para fazer mais e melhor» sublinha o Reitor.

Patrícia Constante, psicóloga no Município de Matosinhos, trouxe ao colóquio a importância da “Contribuição da Literacia Emergente para o desempenho em leitura”. O seu discurso destacou a «importância da intervenção precoce da literacia emergente e do contexto de oportunidades em que se constitui a educação de infância».

Durante  o evento Lourdes Mata, do Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida, trouxe algumas questões da atualidade e interveio no sentido das emoções positivas, isto é, “As emoções na sala de aula – conhecer, reconhecer e gerir para Aprender a Ser”. Uma explanação sobre a importância das emoções, porque «a criança se puder aprender de uma forma positiva, tanto melhor».

Pub

Foi uma conferência para refletir nos momentos existentes nas escolas para promover e cultivar a pergunta. “É preciso ensinar a criança a pensar bem e a colocar boas perguntas». «Conversar com perguntas provoca uma espécie de faísca mental«, referiu Dina Mendonça, uma das intervenientes no colóquio. A investigadora rematou referindo que «o questionamento cultiva a curiosidade e a esperança».

Um colóquio motivado pelo panorama da educação no presente, virado também para as questões do futuro.



Pub
Artigos Relacionados
“A Magia das 1001 Noites” em Lagoa
Saúde da mulher: Respeitar todas as fases da vida
Tavira recebe programação da Central Artes
Mais em Educação & Ciência
Voto de Louvor a alunos vencedores do concurso “Geração €uro”

O executivo municipal de São Brás de Alportel entregou esta terça-feira, 24 de maio, um…

Universidade de Coimbra desenvolve frigorífico solar

Uma equipa de investigadores da Universidade de Coimbra (UC) desenvolveu um conjunto de protótipos eficientes…

Combate ao desperdício alimentar na ordem do dia em Portimão

O Município de Portimão promove entre 2 e 8 de junho a Semana de Combate ao Desperdício Alimentar, cuja primeira edição decorre justamente…

Silves acolhe alunos de Apoio à Gestão

Os alunos do Curso Profissional de Apoio à Gestão da Escola Secundária de Silves foram recebidos no edifício dos Paços do Concelho.