Loulé com Alice, Clássica, Cinema e Abrunhosa em Janeiro

2019 está a chegar e a nova temporada do Cine-Teatro Louletano promete dar que falar com uma programação artística que quer assumir-se como uma referência cultural no Sul do país, a qual arranca em janeiro com várias propostas imperdíveis que incluem Música, Teatro e Cinema.

A 1 de janeiro a Orquestra Clássica do Sul apresenta dois concertos no Cine-Teatro, pelas 16h00 e 18h00, onde conta com a talentosa maestrina convidada Joanna Slusarczyk. As boas-vindas ao novo ano dão-se com a interpretação de temas de Mozart, Schubert, Brahms e J. Sibelius. Os ingressos para este espetáculo estão à venda por 10 euros, sem descontos aplicáveis.

Pub

A fazer jus àquilo que já vem sendo um bom hábito do Cine-Teatro Louletano e dos seus utilizadores, assinala-se a 5 de janeiro, sábado, pelas 15h00, o Encontro de Charolas e Janeiras de Loulé. É sabido que um pouco por todo o Algarve, da serra ao mar, ecoam vozes que, aquecidas por uma fé fortemente enraizada ou pelo prazer do convívio social, entoam versos em que celebram a rota para Belém, o canto do Presépio, os cantares do Ano Bom e os cânticos de Reis. Loulé não será exceção a assinalar o desafio criativo e artístico de manter e renovar essa tradição.

No que diz respeito ao Teatro, haverá lugar à peça “Alice no País das Maravilhas”, a obra mais conhecida de Charles Lutwidge Dodgson, publicada em 1865, sob o pseudónimo de Lewis Carroll, e uma das mais célebres obras do género nonsense e do absurdo. Adaptada para o palco como resultado de uma parceria entre o Teatro do Eléctrico e o Teatro da Terra, e sendo o Cine-Teatro um dos coprodutores deste trabalho, é encenada por duas figuras ímpares do teatro nacional: Ricardo Neves-Neves e a também atriz Maria João Luís. “Alice no País das Maravilhas” tem exibições marcadas para os dias 11 e 12 de janeiro, sexta-feira e sábado, pelas 21h30, e no dia 13, domingo, pelas 17h00.

A peça tem aproximadamente 105 minutos, destina-se a maiores de 12 anos e tem o custo de 9 euros ou 7 euros para maiores de 65 e menores de 30 anos, com Cartão de Amigo aplicável.

A sétima arte invade os écrans da cidade, quer no Convento do Espírito Santo quer no Cine-Teatro, com um evento que também já granjeou os seus fãs: a MONSTRARE - 5.ª Mostra Internacional de Cinema Social, entre os dias 17 e 19 de janeiro. “Monstrare”, palavra latina que significa tornar algo visível, ou denunciar, dá novamente o mote para esta edição promovida pela Câmara Municipal de Loulé e pelo Loulé Film Office. De realçar que este é o primeiro evento em Portugal dedicado exclusivamente ao cinema sobre temáticas sociais, sendo também o primeiro evento de cinema na Europa em 2019. Além da apresentação de filmes (curtas e longas metragens), haverá ainda espaço para debates com realizadores e um workshop de guionismo, de forma gratuita.

Pub

Já a 9.ª Mostra de Cinema da América Latina terá lugar, em Loulé, a partir do dia 24 e até ao dia 27 de janeiro, na sua única extensão fora de Lisboa. Desde “Alanis”, da argentina Anahí Berneri, até “Severina”, do brasileiro Felipe Hirsch, os trânsitos entre países, artes e artistas, nas mais diversas fórmulas, espelham a vitalidade e o espírito de cooperação de um território tão rico e diverso como a América Latina. Um cinema de contágio produtivo entre regiões, que traz também música, literatura e artes plásticas, olhando de frente para as mudanças políticas, geográficas e migracionais latino-americanas. Dirigida ao público em geral, cada sessão desta Mostra terá um custo por pessoa de 3 euros.

A fechar o mês de janeiro, no dia 31, o tão aguardado concerto de Pedro Abrunhosa, pelas 21h30, de uma noite de quinta-feira. Trata-se da estreia no Sul do seu oitavo disco de originais, “Espiritual”, resultado de dois anos de intensas, e quase diárias, gravações com os Comité Caviar, no BoomStudios, sob a supervisão imaculada de João Bessa, que assina com o cantautor a produção do novo disco. O acesso ao concerto custará 14 euros ou 12 euros para maiores de 65 e menores de 30 anos, sendo aplicável o Cartão de Amigo.

Todos os espetáculos têm entrada gratuita, mediante a disponibilidade da sala, para os jovens com 18 anos ou que ainda venham a fazer 18 anos no presente ano ou até ao fim de 2019, no âmbito do projeto “És Cultura 18!”.

Para mais informações e reservas os interessados podem contactar o Cine-Teatro Louletano pelo telefone 289414604 (terça a sexta-feira, das 13h00 às 18h00) ou pelo email cinereservas@cm-loule.pt.

O Cine-Teatro Louletano é uma estrutura cultural no domínio das artes performativas da Câmara Municipal de Loulé e está integrado na Rede Azul – Rede de Teatros do Algarve e na Rede 5 Sentidos.

Pub
Pub
Mais em Artes & Espetáculos
“A Magia das 1001 Noites” em Lagoa

O Espetáculo de Dança Oriental, “A Magia das 1001 Noites”, regressa para a IX Edição…

Tavira recebe programação da Central Artes

No âmbito da Central Arte – Programação Cultural em Rede, decorre, no dia 29 de…

Lagoa recebe Festas do Divino Espírito Santo

Lagoa do Algarve irá receber uma comitiva de Lagoa dos Açores, no âmbito do protoloco de geminação existente entre as duas cidades…

Banda “Os Naira” no Auditório Municipal de Albufeira

Os Naira voltam a surpreender os albufeirenses, desta vez com uma atuação aberta ao público,…