Ciclo de cinema «Herético e Libertário» lembra Vítor Reia-Baptista

O Cineclube de Faro vai promover o ciclo de cinema «Herético e Libertário», em homenagem a Vítor Reia-Baptista, professor da Universidade do Algarve (UAlg) falecido no passado mês de agosto.

Este ciclo – organizado em parceria com a UAlg e o Centro de Investigação em Artes e Comunicação (CIAC) – conta com oito sessões, que terão lugar mensalmente, às quartas-feiras, terminando em janeiro de 2020, mês em que se assinala o aniversário de nascimento do homenageado, com o filme «L’Âge d’Or», de Luis Buñuel.

Pub

A primeira sessão acontece no dia 20 de fevereiro, com o filme «Viridiana», também de Buñuel, e contará com a apresentação de Mirian Tavares, docente da UAlg e coordenadora do CIAC.

Proeminente estudioso da literacia fílmica em Portugal, envolvido em inúmeros projetos nacionais e internacionais nesta área de estudo, Vítor Reia-Baptista foi um dos investigadores que esteve na génese do CIAC da UAlg.

Os filmes, apresentados por colegas e amigos, preveem a presença de diferentes convidados em cada mês para uma conversa pós-filme.

Destaca-se, ainda, a programação do mês de maio, em conjunto com o curso de Ciências de Comunicação da UAlg, criado pelo professor Vítor Reia-Baptista.

Pub

O Ciclo «Vítor Reia-Baptista: Herético e Libertário» conta com o apoio do Instituto do Cinema e do Audiovisual, do Instituto Português do Desporto e da Juventude e do município de Faro.

Os bilhetes terão um custo de 1 a 4 euros, com entrada gratuita para estudantes e docentes JCE.

A programação completa pode ser consultada aqui.



Pub
Mais em Artes & Espetáculos
Espetáculo
Espetáculo que explora lendas algarvias sobe aos palcos de Lagos e Lagoa

O espetáculo multidisciplinar «Lugar», que pretende “celebrar a cultura, a história e os valores que unem a comunidade algarvia”, explorando

Carla Pontes
Lagoa: Cantora Carla Pontes apresenta em concerto primeiro álbum de originais

A cantora Carla Pontes vai lançar o seu primeiro álbum a solo, intitulado «O Mar em Mim», com 12 temas inéditos de casta portuguesa, que

Lídia Jorge
Livro de crónicas de Lídia Jorge vai ser apresentado em Loulé

A Biblioteca Municipal Sophia de Mello Breyner Andresen, em Loulé, vai acolher na quarta-feira, 25, às 21:00 horas, a apresentação do último

Loulé
Câmara de Loulé atribui mais de 300 mil euros ao movimento associativo cultural

O município de Loulé celebrou um contrato-programa com as associações locais que atuam na área cultural e recreativa, atribuindo a