Portimão vence desafio – Festival da Canção foi um Sucesso

A final do 53º Festival RTP da Canção, transmitida em direto a partir do Portimão Arena na noite de 2 de março, constituiu um sucesso em toda a linha e elevou a imagem do município.

O triunfo de Conan Osíris foi celebrado pelas 2200 pessoas que marcaram presença no evento, entre público e convidados. Uma vitória também para quem esteve envolvido no planeamento deste mega espetáculo, um dos mais ambiciosos que, a este nível, se realizaram no nosso país.

Pub
Festival da Canção no Portimão Arena

No total, nas últimas duas semanas cerca de três centenas de técnicos, trabalharam com afincompara que tudo corresse bem e que a atuação dos intérpretes das oito canções a concurso não sofresse imprevistos nos 450m2 de área de palco.

Não foram poupados esforços e os números são demonstrativos: a organização utilizou dez camiões TIR, três carros de exterior e 15 câmaras para captação de imagens. Foram ainda usados 788 projetores de iluminação, 180 motores para suspensão de equipamento e 56 toneladas de material suspenso no teto do Portimão Arena, que sofreu uma assinalável transfiguração e esteve à altura, «confirmando ser no sul do país um recinto único, devido à sua capacidade e características técnicas para acolher espetáculos desta dimensão», afirma a autarquia.

Portimão Arena pronto para o espectáculo

Resta agora fazer votos para que a prestação de Conan Osíris, com o tema “Telemóveis”, obtenha a melhor classificação na cidade israelita de Tel Aviv, aquando da 64ª edição do Festival Eurovisão da Canção, marcada para o período entre 14 e 18 de maio próximo.

Os números do Festival da Canção: 2200 espetadores, 1500 metros de fibra para rede de controle do sistema, 1200 metros de fita led multimédia, 900A de consumo elétrico, 450 metros2 de área de palco, 350 metros2 de ecrã de vídeo, 300 técnicos, 180 motores para suspensão de equipamento, 56 toneladas de material suspenso, 55 km de cabo de sinal, 50 jornalistas, 30 fotógrafos, 29 km de cabo elétrico, 22 km de cabo de rede, 15 câmaras televisivas, 14 horas de desmontagem, 10 dias de montagem, 8 camiões TIR, 4 servidores de multimédia, 3 carros de exterior, 3 mesas de iluminação, 3 dias de ensaios, 2 meses de preparativos!

Pub



Pub
Mais em Sociedade
Em 2021 houve mais 7% de acidentes na estrada que no ano anterior

O Relatório Anual de Segurança Interna (RASI) hoje aprovado na reunião do Conselho Superior de Segurança Interna (CSSI), revela que a

Loulé: Detido em flagrante por furto em estabelecimento

O Comando Territorial de Faro, através do Posto Territorial de Loulé, ontem, dia 24 de maio,…

Novo passe turístico para conhecer o Algarve sem limites

Viajar dentro do principal destino de férias nacional é agora ainda mais fácil: o passe…

Beja: Apoio Psicossocial da ULSBA promove projeto de voluntariado

A Equipa de Apoio Psicossocial (EAPS) da Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo (ULSBA), em parceria com o Grupo de Apoio de Beja