IPMA interdita apanha e comércio de moluscos bivalves devido à «maré vermelha»

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) anunciou hoje a interdição, a título preventivo, da apanha e comercialização das espécies de moluscos bivalves na zona de Faro/Olhão, devido à «maré vermelha».

A apanha e comercialização de moluscos bivalves vivos nas zonas de produção L7c2 - Litoral Lagos-Albufeira e L8 – Litoral Faro-Olhão (conquilha) já se encontrava interdita por toxinas lipofílicas, pelo que a medida estende-se às restantes espécies.

Pub

Recorde-se, desde domingo estão interditos a banhos todas as praias entre a ilha Deserta e praia da Rocha Baixinha, devido ao aparecimento de uma «maré vermelha» causada por uma elevada concentração de microalgas.

Segundo o IPMA, trata-se do lingulodinium polyedrum, um dinoflagelado eventualmente produtor de iessotoxinas (biotoxinas marinhas).

“Não se conhecem intoxicações em humanos devido ao consumo de moluscos contaminados com esta biotoxina”, salientou o instituto, mas ainda estão a ser realizadas análises para avaliar a sua toxicidade.

O IPMA acrescentou que, se existirem valores próximos do limite permitido para a concentração de microalgas tóxicas na água em zonas de produção de moluscos bivalves, será avaliada a interdição cautelar de outras zonas limítrofes, que possam ser afetadas.

Pub

A interdição de banhos nas praias também se vai manter com prazo indeterminado, até à situação voltar à normalidade.



Pub
Mais em Sociedade
IPDJ
IPDJ comemora 31.º aniversário do Centro de Juventude no Algarve

A Direção Regional do Algarve do Instituto Português do Desporto e da Juventude (IPDJ) vai…

Ferrovia
Tertúlia Farense debate papel da ferrovia no Algarve

«O Papel da Ferrovia nas Acessibilidades e Mobilidade no Algarve» é o tema deste mês da Tertúlia Farense, cuja sessão está marcada para

Ministro
Ministro da Administração Interna visita São Brás e Alcoutim

O ministro da Administração Interna, José Luís Carneiro, visita, na próxima segunda-feira, 23, os projetos que estão a ser desenvolvidos no

Aljezur apoia e reforça dispositivo de combate a incêndios rurais

No âmbito do protocolo relativo ao Dispositivo Especial de Combate aos Incêndios Rurais de 2022,…