Prisão preventiva de homem por lenocínio em Ourique

O Comando Territorial de Beja da Guarda Nacional Republicana (GNR), através do Núcleo de Investigação Criminal de Aljustrel, entre os dias 10 e 15 de junho, no concelho de Ourique, realizou uma operação que culminou na detenção de um homem, de 59 anos, pelos crimes de lenocínio, auxílio à imigração ilegal, detenção de arma proibida, fraude fiscal qualificada e branqueamento.

No decorrer das diligências de investigação foram cumpridos 12 mandados de busca, três domiciliárias e nove não domiciliárias, entre as quais, uma a um escritório de contabilidade com sede na região do Algarve, uma a um terreno em construção e sete a veículos. Foram ainda identificadas 15 mulheres de várias nacionalidades, com idades compreendias entre os 23 e os 50 anos. Três delas, por se encontrarem em situação ilegal em território nacional, foram notificadas para abandonar o país no prazo de 20 dias e, outras duas, por se encontrarem em situação irregular, foram notificadas para comparecer no Serviço de Estrangeiros e Fronteiras.

Pub

Do material apreendido, a GNR destaca em comunicado 10.870,77 euros em numerário, 7 veículos automóveis, 1 sistema de vídeo-vigilância, 1 espingarda pressão de ar, 1 arma branca, diversas notas dos países África do Sul, Brasil, Estados Unidos da América e Roménia, 2.911 preservativos, 130 embalagens de gel lubrificante e diversos telemóveis, computadores, tablet e dispositivos móveis de armazenamento de dados.

Foram ainda apreendidos milhares de cartões de consumo e de publicidade alusiva ao local onde se praticavam os crimes, bem como talões de depósitos em contas bancárias, livros de faturação e de guias de transporte, bem como, talões de fecho de caixa.

O detido, já com antecedentes criminais pelo mesmo tipo de crimes, após ter sido presente ao Tribunal Judicial da Comarca de Ourique, no sábado, dia 15 de junho, ficou sujeito à medida de coação de prisão preventiva, sendo que o local onde os crimes eram praticados ficou interdito.

A operação contou com o apoio da Direção de Investigação Criminal, da Unidade de Intervenção e do Destacamento de Intervenção de Faro, para além da estrutura de Investigação Criminal e de outros Destacamentos, do Comando Territorial de Beja.

Pub



Pub
Mais em Sociedade
Temperatura do ar no sábado pode chegar aos 38 graus no Sul do país

O estado do tempo nos próximos dias será condicionado pela advecção de uma massa de ar quente sobre o território continental associado a uma

Autoridade Marítima Nacional promove ação de sensibilização a crianças na ilha da Culatra

Os alunos do ensino pré-escolar da Associação Nossa Senhora dos Navegantes, na ilha da Culatra, tiveram ontem a oportunidade de conhecer os

Portimão: Auxiliado homem em paragem cardiorrespiratória na praia do Vau

Os elementos do Projeto “SeaWatch”, da Autoridade Marítima Nacional, auxiliaram hoje um homem, de 80 anos, que alegadamente se sentiu mal

Monumento alusivo à Marinha vai ser inaugurado em Faro

Um monumento alusivo à Marinha vai ser inaugurado amanhã, quinta-feira, 19, pelas 18:00 horas, na rotunda localizada junto à antiga Estação