Termómetros no sudeste de França poderão registar 45 graus centígrados esta sexta feira

Diversos órgãos de comunicação social internacionais estão a informar que os serviços meteorológicos franceses anunciaram hoje, quinta-feira (27), a ativação pela primeira vez no país de um Alerta Vermelho devido a calor intenso em quatro departamentos do sudeste da França, onde durante a manhã de amanhã os termómetros poderão atingir os 45 graus centígrados.

De acordo com o Portal UOL (Brasil), o Alerta Vermelho é consequência de temperaturas que poderiam superar a máxima histórica do país, que foi de 44,1 graus registados em Saint-Christol-lès-Alès e Conqueyrac, também no sudeste do país, em agosto de 2003.

Pub

Esta medida, segundo a mesma fonte, traduzir-se-à no cancelamento de todas as aulas e dos atos festivos, exceto os organizados em ambientes refrigerados, depois do anúncio da ministra de Saúde, Agnès Buzyn, numa declaração efetuada à imprensa, em que a governante afirmou que a atual onda de calor França é "excepcionalmente intensa".

Por seu turno, o diretor-geral de Saúde do país, Jérôme Salomon, pediu aos moradores das regiões mais afetadas que limitem ao máximo as atividades fora de casa e que não pratiquem desporto, porque o calor extremo é perigoso até mesmo para pessoas que gozam de boa saúde.

Alerta Laranja na maior parte do país

Além dos departamentos, Bouches-du-Rhône, Gard, Hérault e Vaucluse, outros 76, dos 100 que existem em França, decretaram Alerta Laranja.

Recordamos que tendo sido criado a seguir à vaga de calor de 2003 e nunca antes utilizado, o alerta foi ativado esta tarde pelo Méteo France e está em vigor até à tarde de sexta-feira próxima. O resto do país permanece em Alerta Laranja e as previsões mostram que esta onda de calor só vai abrandar a partir de domingo. Na tarde de hoje (quinta feira), os termómetros atingiram entre 36 a 40 graus em diferentes regiões.
Esta situação de calor intenso fez com que a circulação diferenciada fosse ativada em grandes cidades como Paris, fazendo com que apenas circulem carros com matrículas recentes e menos poluentes.
Ao mesmo tempo, os comboios franceses estão a aceitar, de forma gratuita, cancelamentos de reservas e mudanças de bilhetes devido ao calor.

Pub

Os alertas para o consumo de água e outros conselhos à população estão a ser difundidos pelos meios de comunicação e nos transportes públicos. Algumas cidades, um pouco por todo o país, decidiram mesmo fechar as escolas durante esta quinta e sexta-feira devido ao calor extremo.


Pub
Mais em Ambiente
Culatra
Protótipo de dessalinização não intrusiva para a Ilha da Culatra vence concurso

O projeto «Culatra2030 – Non intrusive water desalination», coordenado por investigadores do Centro de Investigação Marinha e Ambiental

Aspirante Geoparque apresenta “Plantas Invasoras” nas escolas de Albufeira

O aspirante Geoparque Algarvensis, constituído pelos municípios de Loulé, Silves e Albufeira, assina a ação…

Loulé: Conselho de Ação Climática com novas sinergias

Passados dois anos, o Conselho Local de Acompanhamento da Ação Climática do Município de Loulé,…

Loulé adere à “Semana das Espécies Invasoras”

De 22 de maio a 3 de junho, o Município de Loulé envolve-se na realização…