Jornal diariOnline Região Sul. O seu portal de notícias Algarve e Alentejo Portugal

Velejador algarvio foi 10.º no Mundial de vela adaptada

Guilherme Ribeiro

Guilherme Ribeiro, velejador do Iate Clube Marina de Portimão - Vela Solidária, foi 10.º classificado no Campeonato do Mundo de vela adaptada, na classe Hansa 303 individuais, realizado em Puerto Sherry, na baía de Cadiz (Espanha).

O velejador de 48 anos, que iniciou o seu percurso na vela apenas em 2013, tem vindo a evoluir de forma consistente nos últimos anos e alcançou o seu objetivo de entrar no «top-10» dos melhores velejadores do mundo na sua classe.

A baía de Cadiz apresentou condições ideais para a prática de vela ao longo dos cinco dias de campeonato, contribuindo para uma prova renhida, com 36 velejadores de todo o mundo a competir pelo pódio.

Guilherme Ribeiro fez um campeonato bastante regular, com exceção do último dia, que apurava os dez velejadores que iriam disputar a regata das medalhas. Mas apesar de uma prestação menos boa, conseguiu apurar-se, terminando a última regata no 10.° lugar, apenas com a distância do comprimento de um barco do 9.° lugar.

"Quando represento Portugal é um orgulho e ter conseguido entrar no «top-10» dos melhores do mundo, é de ir às lágrimas", disse.

Luís Ramalho, também velejador do Iate Clube Marina de Portimão - Vela Solidária, ficou no 25.° lugar na geral.

A menos de três meses do Campeonato da Europa de vela adaptada, a realizar em Portimão entre 5 e 12 de outubro, Guilherme Ribeiro afirmou que o objetivo será lutar pelas medalhas.



Exit mobile version