Herman José na Marina de Vilamoura (Foto: Flash)

Herman José vendeu a casa na Marina e já não passa férias em Vilamoura

Durante muitos anos, os verões de Herman José eram passados em Vilamoura, no luxuoso apartamento que o humorista comprou num dos edifícios que envolvem a Marina, onde mantinha o seu iate ancorado. Nesta altura do ano era comum ver-se em Vilamoura o humorista rodeado de amigos e colegas de profissão, designadamente Joaquim Monchique, Maria Rueff, Ana Bola, ou até mesmo a cantora Mariza, entre outros, donde partiam para "loucas" viagens de férias até Ibiza a bordo do seu barco.

De acordo com a Flash, esta era uma imagem frequente do passado e que hoje já não acontece, recordando que nos últimos anos, "Herman José sofreu alguns rombos financeiros. A televisão já não paga o mesmo, os negócios na restauração acabaram por falir" e, mais grave ainda, o humorista "foi burlado por um antigo funcionário no valor de 1,2 milhões de euros. Em 2014, Manuel Fernandes Henriques foi condenado a cinco anos de prisão, com pena suspensa por igual período, por burla ao apresentador da RTP".

Pub

Estes serão alguns dos motivos subjacentes à decisão de vender o imóvel, de acordo com a mesma fonte, depois do humorista também já ter vendido o seu iate de luxo, com o qual se passeava ao longo da costa algarvia, nos meses de julho e agosto, nomeadamente.

E, portanto, a vida de Herman mudou. Agora passa o verão a trabalhar, em espetáculos por todo o País e desfez-se do património que tinha no Algarve. De acordo com a 'VIP', Herman José vendeu há cerca de dois anos o apartamento da Marina de Vilamoura por 2 milhões de euros. E já antes tinha vendido o barco, após a seguinte reflexão: "Um dia estava em Ibiza de férias com um grande barco e pensei: 'Mas espera aí, nada disto faz sentido. Estou a trabalhar como um doido para sustentar uma realidade que não é a minha'", terá justificado numa entrevista que o humorista concedeu em 2017.
Também a casa de férias em Vilamoura deixou de fazer sentido para o humorista. "Desde que voltei à estrada que deixei de ter tempo para usar a minha casa no Algarve, e achei por bem vender", terá declarado à 'VIP'.



Pub
Mais em Sociedade
Quatro detidos em Ourique por sequestro

Hoje, dia 18 de maio, foram detidas duas mulheres e dois homens, com idades compreendidas entre os 16 e os 23 anos, pelo crime de sequestro

Lagos recebeu empresários brasileiros com vista a futuras parcerias

A cidade de Lagos foi um dos pontos de passagem da delegação da missão ACIB…

Apresentação do livro “Empreender sem desculpas” em Portimão

No dia 28 de maio, pelas 18h00, a Biblioteca Municipal Manuel Teixeira Gomes receberá a…

Castro Marim: UCC/GNR apreende artes de pesca sem identificação na Praia Verde

Ontem, 17 de maio, foram apreendidas diversas artes de pesca que se encontravam sem qualquer marcação e identificação, na Praia Verde, no