Lagoa associa-se ao Dia Mundial dos Cuidados Paliativos

A comunidade internacional assinala o Dia Mundial de Cuidados Paliativos, anualmente, no segundo sábado de outubro, com o objectivo de unir esforços na promoção do acesso a estes cuidados e na sensibilização da comunidade para as necessidades das pessoas com doença avançada e progressiva.

Estima-se que, em cada ano, mais que 25.5 milhões de pessoas morrem em sofrimento físico e psicológico intenso derivado a doença.

Pub

A Organização Mundial de Saúde define os Cuidados Paliativos como "Cuidados que melhoram a qualidade de vida dos doentes e suas famílias, abordando os problemas associados às doenças que ameaçam a vida, prevenindo e aliviando o sofrimento, através da identificação precoce e avaliação minuciosa da dor e outros problemas físicos, psicológicos, sociais e espirituais.”

O tema da comemoração deste ano, a nível mundial é “Cuidados Paliativos – Meu Cuidado, Meu Direito”, com enfoque no acesso universal aos cuidados paliativos e ao seu reconhecimento como um direito humano.

O Município de Lagoa, em colaboração com a Equipa Comunitária de Suporte em Cuidados Paliativos (ECSCP) do ACES Barlavento, pretende associar-se a esta comemoração, dando o seu contributo «na prestação de informação, sensibilização da comunidade e organizações institucionais existentes, desmistificação de preconceitos e recursos disponíveis, promovendo, assim, a equidade de acesso aos Cuidados Paliativos».

O apelo vai à participação, no dia 13 de outubro de 2019, no Sítio das Fontes em Estômbar, na caminhada/corrida a realizar com o tema “Cuidados Paliativos- Meu Cuidado, Meu Direito”.

Pub

Neste evento de cariz comunitário e integrativo, os participantes terão a oportunidade de conhecer os recursos disponíveis nesta área e as formas de atuação em Cuidados Paliativos no ACES Barlavento, «para que cada vez mais estes cuidados sejam um Direito de todos»



Pub
Mais em Saúde
Varíola dos macacos: Dinamarca e França avançam vacinação

As autoridades de saúde francesas recomendaram esta terça-feira o início da vacinação dos contactos de…

Argentina perante o primeiro caso suspeito de varíola dos macacos

Nenhum caso positivo confirmado da doença foi registado na América Latina até ao momento O…

Portugal é o primeiro país a sequenciar genoma do Monkeypox

Vírus está na origem de um recente surto que afeta vários países onde a infeção…

Monkeypox
Novos casos confirmados do vírus Monkeypox chegam ao Algarve

O número de casos confirmados do vírus Monkeypox subiu hoje para 37, distribuídos pelas regiões de Lisboa e Vale do Tejo, Norte e Algarve,