Apelidam ATUALIZAÇÃO de aumento?!…

Caros Amigos Leitores,
As pensões de reforma da Segurança Social, segundo a Lei, têm de ser atualizadas anualmente.
Não me parece adequado apelidarem a ATUALIZAÇÃO de AUMENTO, como se tratasse de um bónus ou de um benefício extra e não da real compensação para minimizar os efeitos da inflação.

Numa notícia publicada há cerca de dois dias pela TVI 24, citando a Lusa tendo como fonte o Ministério do Trabalho, podia ler-se que “os pensionistas da Segurança Social recebem esta quarta-feira as pensões já com os aumentos de 0,7% e 0,24%, apesar de o diploma que estabelece as atualizações ainda não ter sido publicado”.

Pub

Pura demagogia, falarem de aumentos!...

Vejamos: com base no que foi aplicado em 2019 e passo a citar: “A atualização anual das pensões para o ano de 2019 tem como indicadores de referência o crescimento real do produto interno bruto (PIB), correspondente à média da taxa do crescimento médio anual dos últimos dois anos, terminados no 3.º trimestre do ano anterior àquele a que se reporta a atualização e a variação média dos últimos 12 meses do índice de preços ao consumidor (IPC), sem habitação, disponível em dezembro do ano anterior a que se reporta a atualização.”

Portanto, exemplificando com o corrido em 2019, tendo em consideração que “a média da taxa de crescimento médio anual do PIB nos últimos dois anos terminados no 3.º trimestre de 2018, apurada a partir das contas nacionais trimestrais do INE, foi de 2,58 %, e que a variação média do IPC nos últimos 12 meses, sem habitação, disponível em dezembro de 2018, foi de 1,03 %, as pensões e outras prestações atribuídas pelo sistema de Segurança Social (...), são atualizadas em 2019, em 1,60 %, as de valor compreendido entre 2 vezes e 6 vezes o valor do IAS são atualizadas em 1,03 %, e as de valor superior a 6 vezes o valor do IAS, são atualizadas em 0,78 %.”

A minha questão é simples: Como pode o governo continuar a atrasar-se em relação a esta matéria e continuar a mexer a seu bel-prazer nos valores que os cidadãos contribuintes entregaram à Segurança Social ao longo da vida, para que na velhice possam usufruir da sua PENSÃO DE SOBREVIVÊNCIA ?

Pub

Já que instituíram uma Lei para regular as pensões de reforma por velhice, pois que a cumpram rigorosamente, elaborada a partir de valores reais atualizados e não com base em estimativas.


Pub
Mais em Opinião
Euro visão e o urso faminto

Ainda ecoa em mim: “Luxembourg, douzepoints!”. Nessa época, Portugal nunca recebia doze pontos, o Luxemburgo já colecionava vitórias. Era uma

O impacto da Hipertensão Arterial na principal causa de morte em Portugal: o AVC

As doenças cardio-cérebrovasculares (DCCV) são a principal causa de morte, de morte prematura (isto é, antes dos 70 anos) e de incapacidade em todo o

Uma vida mais saudável e livre de doença

O Dia Mundial da Hipertensão é assinalado a 17 de maio com o objetivo de sensibilizar e promover a prevenção, deteção e controlo da

Alimentação e Enxaquecas: qual a relação?

Comecemos, em primeiro lugar, por diferenciar o conceito de “dor de cabeça” e enxaqueca. A cefaleia, normalmente designada por dor de cabeça,