Foto: Lusa

Covid-19: Espanha prossegue em estado de emergência até dia 26

Desaceleração do ritmo da pandemia

O estado de emergência em Espanha, deverá prosseguir até dia 26 de abril, na sequência da proposta apresentada ao parlamento pelo primeiro-ministro espanhol, Pedro Sánchez, na luta contra o novo coronavírus, segundo fontes do Governo citadas por toda a imprensa espanhola, informação veiculada pela agência Lusa.

O primeiro ministro espanhol vai anunciar a decisão ao início da tarde, depois de uma ronda de contactos com todos os líderes dos principais partidos espanhóis, nomeadamente os da oposição de direita.

Pub

A proposta foi decidida depois de hoje de manhã ter participado em reuniões do Comité Científico, primeiro, e, seguida, do Comité Técnico criado para analisar a evolução do coronavírus em Espanha.

O Governo espanhol decretou o estado de emergência durante 15 dias em 14 de março último, que foi prorrogado pelo parlamento a partir de 28 do mesmo mês findo.

O país é um dos mais afetados pela covid-19, tendo registado nas últimas 24 horas 809 mortes, segundo a notícia da Lusa, considerado o número mais baixo desde sábado passado, alcançando agora um total de 11.744 vítimas mortais, segundo a última atualização das autoridades sanitárias.

De acordo com o Ministério da Saúde espanhol, foram confirmados 7.026 novos infetados, o que confirma a desaceleração do ritmo da pandemia, sendo agora o total de contagiados de 124.736.

Pub

Desde o início da pandemia do novo coronavírus, 34.219 pessoas que foram contagiadas tiveram alta e são consideradas como curadas (dados consolidados às 20:00 horas de Lisboa de sexta-feira).

O número de mortes anunciado hoje (809) é classificado como o segundo dia consecutivo em que baixa o número de vítimas mortais, que foi de 864 na quarta-feira, 950 na quinta-feira e 932 ontem, sexta-feira.

Na totalidade do país já foram ou estão internadas 57.612 pessoas, das quais 6.532 em unidades de cuidados intensivos, refere a notícia da Lusa que aqui reproduzimos.

A região com mais casos positivos de covid-19 é a de Madrid, com 36.249 infetados e 4.723 mortos, seguida pela da Catalunha (24.734 e 2.508), a de Castela-Mancha (9.324 e 989), a de Castela e Leão (8.332 e 786) e a do País Basco (8.187 e 477).

O ministro da Saúde espanhol, Salvador Illa, salientou na sexta-feira que a epidemia de covid-19 em Espanha passou da fase de estabilização para a fase de mitigação, concluindo que foi cumprido o objetivo que tinha estabelecido para esta "semana dura".

Pub

O responsável explicou que esta semana a taxa de crescimento diária dos novos casos do novo coronavírus situou-se abaixo dos 10%, quando no início da crise se situava nos 20%.

As autoridades espanholas já avisaram que os controlos da polícia nas autoestradas do país vão ser intensificados nos próximos dias, nas vésperas da Semana Santa.



Pub
Mais em Internacional
Primeiro caso brasileiro infetado com varíola de macaco na Alemanha

Infectado tem 26 anos e passou antes por Portugal e Espanha Na Alemanha, autoridades sanitárias…

Elon Musk reúne-se com o governo do Brasil pela ‘Amazónia’

Reunião centrada em “Conectividade e Proteção da Amazónia”. O multimilionário Elon Musk, dono da SpaceX e que recentemente…

F1: Leclerc lidera treinos livres perante evolução da Mercedes

Realizaram-se esta sexta feira (20) no Circuito de Barcelona, as primeiras sessões de treinos livres…

CNN: “Oh! Pai da pátria”, o abraço caloroso de Marcelo a Xanana (c/vídeo)

Marcelo Rebelo de Sousa está em Timor numa curta visita de três dias. Esteve presente na…