Portimão tem máquina para devolução de garrafas

O projeto-piloto de reciclagem de garrafas de bebidas de plástico, o PET, chegou a Portimão, onde foi instalada uma máquina automática para devolução deste tipo de embalagens.

Trata-se de uma iniciativa integrada no projeto “Quando do velho se faz novo, todos ganham. Ganha o planeta!” que teve início a 13 de março deste ano com a instalação de máquinas de recolha automática de garrafas de bebidas em plástico PET não reutilizáveis, de águas, sumos, refrigerantes ou bebidas alcoólicas, em 23 grandes superfícies de norte a sul do país.

Pub

A localização das máquinas pode ser consultada no site. O projeto premeia os adeptos da reciclagem e da sustentabilidade. O valor que os consumidores recebem com a devolução de garrafas pode ser doado a uma instituição social ou utilizado para compras no espaço comercial onde está instalada a máquina.

Por essa devolução os consumidores recebem o valor de dois cêntimos por cada unidade entre 0,1 e 0,5 litros, e cinco cêntimos acima de 0,5 e até 2 litros. Caso assim o desejem podem optar por doar essa quantia em vez de a utilizar em compras nos espaços comerciais onde estão localizados os equipamentos.

O projeto “Quando do Velho se Faz Novo, Todos Ganham. Ganha o Planeta!” é gerido por um consórcio composto pela Associação Águas Minerais e de Nascente de Portugal, Associação Portuguesa das Bebidas Refrescantes Não Alcoólicas (PROBEB) e a Associação Portuguesa de Empresas de Distribuição (APED) e tem como objetivo incentivar os cidadãos a adotarem comportamentos sustentáveis para que o material recolhido seja reciclado e incorporado como matéria-prima na produção de novas garrafas.

Este projeto-piloto, ativo até setembro de 2021, «é relevante para a preparação da implementação do futuro sistema de depósito de embalagens de bebidas, que deverá suceder a este sistema de incentivo a partir de 1 de janeiro de 2022», sublinha a gestão do projeto.

Pub

 

Pub
Artigos Relacionados
Mais em Ambiente
Aspirante Geoparque apresenta “Plantas Invasoras” nas escolas de Albufeira

O aspirante Geoparque Algarvensis, constituído pelos municípios de Loulé, Silves e Albufeira, assina a ação…

Loulé: Conselho de Ação Climática com novas sinergias

Passados dois anos, o Conselho Local de Acompanhamento da Ação Climática do Município de Loulé,…

Loulé adere à “Semana das Espécies Invasoras”

De 22 de maio a 3 de junho, o Município de Loulé envolve-se na realização…

Observação de cetáceos com formação em Lagos

É já nos próximos dias 6, 7 e 8 de junho que terá lugar a…