Jornal diariOnline Região Sul. O seu portal de notícias Algarve e Alentejo Portugal

Mercado das duas 2 rodas cresce pelo terceiro mês consecutivo em Portugal

A Kawasaki Ninja 1000SX 2020

Apesar de em termos globais, de Janeiro a Agosto, o mercado dos representantes oficiais de marca a operar em Portugal, de veículos novos de duas rodas, triciclos e quadriciclos, ter registado uma queda de 7,3 por cento, em Agosto, registou um crescimento de 6,8 por cento face a igual mês do ano anterior, tendo sido matriculadas 3.704 unidades, de acordo com a ACAP – Associação Automóvel de Portugal.

Em termos acumulados, nos oito meses de 2020, foram matriculados 22.713 veículos em Portugal, o que correspondeu a um decréscimo homólogo do número de unidades matriculadas de 7,3 por cento.

Numa análise individualizada pelos principais tipos de veículos, no período referido, observou-se que o mercado de ciclomotores novos matriculados pelos representantes oficiais das marcas totalizou 301 unidades em Agosto de 2020, tendo apresentado uma variação positiva de 46,1 por cento face ao mês homólogo de 2019.

Em termos acumulados, de Janeiro a Agosto de 2020, foram matriculados 1.238 ciclomotores, o que se traduziu num decréscimo de 14,2 por cento relativamente a igual período do ano anterior.

No que ao mercado dos motociclos diz respeito, no mês de Agosto de 2020 foram matriculados em Portugal 3.317 unidades, o que representou um aumento de 4,4 por cento face a igual mês de 2019.

Em termos acumulados, de Janeiro a Agosto de 2020, o número de unidades matriculadas diminuiu 6,3 por cento face ao período homólogo do ano anterior, tendo sido colocados em circulação 20.841 novos motociclos.

Quanto aos motociclos de cilindrada até 125 cm3 registaram, em Agosto de 2020, um total de 1.924 unidades matriculadas em Portugal, o que representou um crescimento de 4,8 por cento face ao mês homólogo de 2019.

Relativamente ao número acumulado de motociclos até 125 cm3 matriculados nos oito meses de 2020, este situou-se em 11.399 unidades, o que representou uma queda de 2,0 por cento face a igual período do ano anterior.

No que concerne aos motociclos de cilindrada superior a 125 cm3 colocados em circulação pela primeira vez em Portugal registaram, no mês de Agosto de 2020, um total de 1.393 unidades, o que representou um acréscimo de 3,9 por cento face ao mês homólogo de 2019.

Em termos acumulados, de Janeiro a Agosto de 2020, as matrículas deste tipo de veículos totalizaram 9.442 unidades, o que se traduziu num decréscimo de 11,1 por cento em relação ao período homólogo de 2019.

Finalmente no que se refere ao mercado de quadriciclos, situou-se nas 61 unidades matriculadas em Agosto de 2020, o que representou um decréscimo de 12,9 por cento face a igual mês de 2019.

De Janeiro a Agosto de 2020 as matrículas de quadriciclos registaram uma queda de 25,9 por cento em relação ao período homólogo do ano passado, tendo sido matriculados 513 quadriciclos.



Exit mobile version