Brad Raffensperger, Secretário de Estado da Geórgia | Foto: Portal R7

EUA: Recontagem de votos não alterou a vitória de Biden, diz Secretário da Geórgia

O secretário de Estado da Geórgia, Brad Raffensperger, disse esta quinta-feira (19) que uma recontagem manual das cédulas nas urnas no estado tinha confirmado Joe Biden como o vencedor da eleição de 3 de novembro na Geórgia.

De acordo com a notícia avançada pelo portal R7, uma recontagem foi feita depois que os resultados não oficiais mostraram Biden à frente do presidente Donald Trump por cerca de 14.000 votos.

Pub

Raffensperger disse que "não havia dúvida" de que o estado certificaria a vitória de Biden na sexta-feira (20).

“A auditoria ficou muito próxima do que tínhamos nas reportagens da noite das eleições”, disse Raffensperger à estação local WSB-TV. “É tão perto, não é um dedal cheio de diferenças.”

Por uma pequena margem de 0,3%, o que representa apenas 14.000 votos, Joe Biden derrotou na Geórgia o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, escreve também o SputnikNews na sua notícia acerca da eleição do presidente norte-americano.
Deste modo, o democrata conquistou 16 delegados no colégio eleitoral e consolidou a sua vitória sobre o republicano.

Salienta o SputnikNews também, que pela lei da Geórgia, devido à pequena diferença na votação de 3 de novembro, uma recontagem era obrigatória. A nova apuração não foi feita sob pedido da campanha de Trump ou devido a suspeita de fraudes.

Pub

"A auditoria ficou muito próxima do que tínhamos nos relatórios da noite das eleições", disse Raffensperger à WSB-TV, afiliada local da ABC.



Pub
Mais em Internacional
Rússia oferece cidadania rápida a residentes da Ucrânia ocupada

Vladimir Putin assinou um decreto nesta quarta-feira (25) que simplifica o processo para os moradores das regiões de Kherson e Zaporizhzhia…

Número de casos de varíola dos macacos em Espanha sobe para 51

Região de Madrid continua a mais afetada, com 47 positivos. Sauna da capital espanhola é…

EUA: Um professor e catorze crianças mortas a tiro no Texas

Catorze crianças e um professor foram mortos num tiroteio numa escola básica dos arredores de San Antonio,…

Ucrânia: 3.000 soldados e 4.000 civis mortos em 3 meses

Entre 2.500 e 3.000 soldados ucranianos e pelo menos 3.930 civis morreram desde o início…