Foto: Record TV

Imigrantes vão ter botão de pânico no SEF do Aeroporto de Lisboa

Os imigrantes que chegarem às instalações do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) no Aeroporto de Lisboa e lá ficarem alojados, vão ter disponível um botão de pânico, de acordo com informação avançada pelo Diário de Notícias, citada pela Record TV em notícia a que tivemos acesso.

Noutro órgão de informação, pode ler-se que a medida surge no novo regulamento do Espaço Equiparado a Centro de Instalação Temporária (EECIT), avança uma notícia do Jornal de Notícias citando o "Diário de Notícias".

Pub

"Por forma à salvaguarda do cidadão instalado, os quartos individuais encontram-se apetrechados com botão de pânico que sempre que ativado, obriga ao seu registo em relatório, com indicação de hora e motivo que determinou a sua ativação e comunicação da mesma ao responsável pelo EECIT", indica o regulamento, assinado em julho pelo ministro da Administração Interna e distribuído pelo SEF no passado dia 26 de novembro, segundo a mesma informação.

Refira-se que as instalações em causa, no aeroporto de Lisboa, tinham recebido ordem de fecho e remodelação por ordem do ministro Eduardo Cabrita, na sequência da morte, a 12 de março, do cidadão ucraniano Ihor Homeniuk, que levou o Ministério Público a acusar três inspetores do SEF, cujo julgamento terá início a 20 de janeiro, e a Inspeção-Geral da Administração Interna (IGAI) a concluir também que houve "ação e omissão" por parte de mais nove inspetores.

Segundo o mesmo jornal, os botões de pânico estão instalados em todos os novos 18 quartos individuais (até agora os alojamentos eram camaratas) e ligados à portaria do EECIT, onde passarão a estar sempre inspetores do SEF e seguranças. Quando Ihor morreu, segundo o Ministério Público na sequência de espancamento, não existiam inspetores do SEF em permanência no local - a segurança era gerida por vigilantes de uma empresa privada, que ilegalmente assumiam funções de autoridade pública. (sic)



Pub
Mais em Sociedade
Prisão
Detidos em veleiro ao largo da marina de Vilamoura ficam em prisão preventiva

O Procurador da República junto do Juízo de Instrução Criminal de Faro requereu e foi aplicada a prisão preventiva a um homem de 42 anos e a

Filipa Soares Albergaria celebra Dia da Marinha em ‘casa’

É médica naval e recentemente assumiu o cargo de Diretora do Centro de Medicina Naval (CMN), tem parte da sua história de vida em Faro,

Quatro detidos em Ourique por sequestro

Hoje, dia 18 de maio, foram detidas duas mulheres e dois homens, com idades compreendidas entre os 16 e os 23 anos, pelo crime de sequestro

Lagos recebeu empresários brasileiros com vista a futuras parcerias

A cidade de Lagos foi um dos pontos de passagem da delegação da missão ACIB…