Foto: Agência Brasil

Brasil: embarque por biometria facial está a ser testado no Aeroporto de Salvador

Tecnologia está a ser testada com passageiros voluntários da companhia aérea GOL

Já está a funcionar no Aeroporto de Salvador um projeto piloto chamado Embarque + Seguro, que dispensa o uso de documento de identificação, pelos passageiros, na hora do embarque, segundo noticiou hoje (15) a Agência Brasil, sendo a identificação feita por meio de reconhecimento facial e por identificação biométrica.

A tecnologia está a ser testada inicialmente com passageiros voluntários da companhia aérea GOL. “No momento do check-in no aeroporto, é feita a validação biométrica do passageiro, comparando os dados e a foto tirada no momento, com a base do governo e a vinculação ao cartão de embarque. Para entrar na aeronave, o embarque realiza-se por meio de identificação facial por biometria, sem a necessidade de apresentação de qualquer documento”, informou por meio de nota o Ministério da Infraestrutura, conforme citado nesta notícia da Agência Brasil.

Pub

Referência para o fato do banco de dados usado para validação das informações das pessoas agregar a base de dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), bem como das CNHs (Carteira Nacional de Habilitação de Condução) do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran).
Ou seja, “na prática, isto significa que não só os motoristas, mas também todos os eleitores que fizeram o cadastro biométrico no TSE, poderão usufruir das facilidades da validação biométrica para viajar. Ao todo, são 67 milhões de CNHs e 120 milhões de eleitores cadastrados”, diz a nota do ministério ao informar que "em breve" outras bases governamentais serão utilizadas para ampliar o universo de dados.

De acordo com a pasta da Infraestrutura, a tecnologia adotada foi desenvolvida por meio de uma parceria com o Serpro, que é a empresa de inteligência em Tecnologia da Informação do governo federal, com o objetivo de tornar “mais eficiente o processo de embarque nos aeroportos e mais seguras as viagens aéreas”.

Ainda de acordo coma notícia da Agência Brasil, a tecnologia de reconhecimento facial para a identificação do passageiro e embarque automático já era oferecida no mercado. “O que não existia, até este momento, era um sistema nacional unificado que possibilitasse verificar e validar, com rapidez e segurança, a identidade do passageiro a partir do cruzamento com diferentes bases de dados governamentais”, acrescentou o ministério.



Pub
Mais em Internacional
Manto de neve cobre parte do sul do Brasil

Um manto de neve cobriu partes do estado de Santa Catarina no sul do Brasil que desde há alguns dias enfrenta uma invulgar vaga de frio

Portugal apoia Polónia com € 50 milhões em produtos e materiais

António Costa anunciou doação no valor de 50 milhões de euros, desde casas pré fabricadas até produtos farmacêuticos.

Primeiro caso brasileiro infetado com varíola de macaco na Alemanha

Infectado tem 26 anos e passou antes por Portugal e Espanha Na Alemanha, autoridades sanitárias…

Elon Musk reúne-se com o governo do Brasil pela ‘Amazónia’

Reunião centrada em “Conectividade e Proteção da Amazónia”. O multimilionário Elon Musk, dono da SpaceX e que recentemente…