Linha do AVE atravessa província de Sevilla. Foto: Huelva Información

Câmara de Comércio de Huelva propõe linha férrea de Alta Velocidade entre Faro e Sevilha

A chegada a Huelva de uma via ferroviária de alta performance tem desde ontem uma nova reivindicação, avançada no Plenário da Câmara de Comércio de Huelva (CCH) que solicita a ligação da Alta Velocidade de Sevilha à capital do Algarve.

A ligação entre Sevilha e Faro, de acordo com a notícia publicada pelo jornal espanhol Huelva Información, permitiria a Huelva "aproveitar a passagem dessa linha pelo nosso território, a cargo dos fundos do FEDER", segundo ontem reconheceu a referida instituição de comércio.

Pub

Para levar a cabo esta iniciativa, a CCH propõe a criação de um Fórum Regional para, como ontem foi reconhecido, “abordar esta proposta de ligação entre a Andaluzia e o Algarve através da Alta Velocidade, visto que, proporcionaria benefícios acrescidos a toda a comunidade autónoma".
É agora, entende a instituição, “o momento oportuno para se avançar, dado que estamos no início de um novo período operacional de pedidos de apoio a projectos europeus que procuram promover a convergência entre regiões menos desenvolvidas e que, sendo fronteiras, aumentaria o interesse desta proposta, sendo que, também resolveria, no caso de Huelva, uma exigência histórica como a chegada do AVE” - escreve o Huelva Información.

Aproveitando a presidência da Eurorregião de 2020 a 2022 na Junta de Andaluzia, esta “seria a ocasião perfeita”, considerando a Câmara de Comércio de Huelva, oportuno propor a construção da linha de alta velocidade de Faro a Sevilha via Huelva, à procura de financiamento nos fundos FEDER do período operacional”. Os benefícios que esta infraestrutura “pode trazer a estas áreas seriam um antes e um depois da história económica desta região transfronteiriça, abrindo novas possibilidades tanto para o turismo como para o desenvolvimento comercial” da Andaluzia e do Algarve.

Estes objectivos “estão perfeitamente alinhados com o que significa uma Eurorregião, que se define como uma fórmula promovida pela União Europeia para que territórios vizinhos pertencentes a diferentes países avancem na cooperação transfronteiriça, lê-se no Huelva Información. Nele é lançado um método de cooperação estrategicamente desenvolvido e orientado, que constitui uma plataforma de governação, com iniciativa e capacidade de gestão de fundos, sobre interesses comuns que afetam as mais diversas áreas da vida social, económica e cultural.”

Saliente-se ainda que a CCH propõe “aproveitar este momento propício para promover a construção de uma infraestrutura de Alta Velocidade que permita elevar os níveis de rendimento anteriores. É uma área com elevadas potencialidades de desenvolvimento que estão condicionadas pela falta de redes ferroviárias que o garantam. intercomunicação". (sic)

Pub



Pub
Mais em Internacional
Suécia e Finlândia entregam pedido de adesão à NATO

Os embaixadores da Suécia e Finlândia junto da NATO entregaram esta quarta-feira (18) os seus…

Hungria: Viktor Orbán reeleito primeiro-ministro pela 5ª vez

Orbán afirma que as políticas centradas na defesa das fronteiras da Hungria, na família e nos menores de idade serão prioridades …

Governo espanhol aprova licença menstrual (c/ vídeo)

O governo espanhol avançou, esta terça-feira, com uma medida inédita na Europa: uma licença especial …

Brasil: Milton Nascimento despede-se dos palcos com tournée internacional

Bituca, como prefere ser chamado, Milton Nascimento tem 60 anos de carreira e vai realizar uma tounée intitulada ‘A Última Sessão de Música’