Foto: SuptnikNews

Bill Gates faz previsão para o fim da pandemia de Covid-19

O fundador da Microsoft disse recentemente que acredita que a pandemia de Covid-19 estará perto do fim na primeira metade de 2022.

A previsão do empresário norte-americano, Bil Gates, foi feita durante uma entrevista ao Hindustan Times, publicada no passado dia 11 deste mês, segundo noticiou a SputnikNews.

"No primeiro semestre de 2022, devemos conseguir obter uma cobertura de pessoas vacinadas que trará o fim desta pandemia", afirmou Bil Gates.

O empresário, no entanto, acredita que a situação nos países mais ricos pode começar a melhorar um pouco antes – mais precisamente, na metade de 2021, veicula a SputnikNews na sua notícia.

Pub

"No verão de 2021 [no hemisfério norte], os países ricos terão mais cobertura de vacinas do que outros países. Então, os países ricos vão em grande parte voltar ao normal. Mas eu ainda acho que, como o vírus estará no mundo, ainda seremos um tanto conservadores em relação a grandes eventos públicos. Então ainda teremos algumas máscaras”, disse o empresário.

No início da passada semana, a Fundação Bill & Melinda Gates anunciou o investimento de US$ 250 milhões de dólares para "apoiar a pesquisa, o desenvolvimento e a distribuição equitativa de ferramentas que salvam vidas" na luta contra a pandemia de Covid-19.
Refira-se que incluindo este valor, a fundação de Bill Gates já aplicou 1,75 biliões de dólares em pesquisas para o combate ao novo coronavírus.



Pub
Mais em Internacional
McLaren passa a exibir marca ‘Senna’ nos carros de Fórmula 1

O acordo é válido a partir do GP do Mónaco, onde o tricampeão conquistou seis vitórias

Shurastey é cremado nos EUA e as cinzas viajam com tutor para o Brasil

O influenciador, que estava com o seu cão golden retriever chamado de Shurastey, envolveu-se num acidente de trânsito. Ambos morreram.

F1: Leclerc o mais rápido também no TL2, pois então!…

Durante a primeira atividade o TL1, no Principado do Mónaco, a luta pela primeira posição…

EUA: Marido de professora morta em ataque infarta e morre dois dias depois

Irma Garcia morreu ao tentar proteger os alunos da Robb Elementary School em Uvalde, no Texas (EUA)