Centro de Informação Antivenenos (CIAV) – INEM

O Centro de Informação Antivenenos (CIAV) é um centro médico de consulta telefónica na área da toxicologia. 24horas por dia, 7 dias por semana, 365 dias por ano, pode contactar-nos diretamente pelo número – 800 250 250.

O que fazemos?

Pub

Aconselhamento especializado em caso de intoxicação ou exposição a tóxicos, sobre todos os produtos existentes desde medicamentos a detergentes, lixívias, pesticidas, plantas ou cogumelos, fumos ou gases, mordeduras ou picadas, ou qualquer substância química mesmo no seu local de trabalho.

Quem aconselhamos?

O público em geral e profissionais de saúde em particular, fornecendo as indicações adequadas a cada caso com o objetivo de minimizar as consequências das intoxicações.

Quais as vantagens?

Pub

Anualmente recebemos mais de 30.000 chamadas relacionadas com a exposição a tóxicos. Grande parte destas chamadas devem-se a uma exposição acidental. Ao contactar o CIAV irá receber aconselhamento individualizado sobre as medidas a tomar e que muitas vezes irão evitar uma ida desnecessária ao hospital.

Estamos à distância de uma chamada telefónica e ajudamos no momento, evitando a sobrecarga dos serviços hospitalares.

Sugestões para evitar intoxicações:

· Grave o número do CIAV no seu telemóvel - 800 250 250

· Mantenha os medicamentos e produtos domésticos nas embalagens originais

Pub

· Mantenha os medicamentos e produtos domésticos em armários fechados ou altos

· Nunca os coloque junto de alimentos

· Não dê as embalagens vazias às crianças para brincar

· Feche as embalagens e guarde-as imediatamente após o uso.



Pub
Mais em Saúde
Argentina perante o primeiro caso suspeito de varíola dos macacos

Nenhum caso positivo confirmado da doença foi registado na América Latina até ao momento O…

Portugal é o primeiro país a sequenciar genoma do Monkeypox

Vírus está na origem de um recente surto que afeta vários países onde a infeção…

Monkeypox
Novos casos confirmados do vírus Monkeypox chegam ao Algarve

O número de casos confirmados do vírus Monkeypox subiu hoje para 37, distribuídos pelas regiões de Lisboa e Vale do Tejo, Norte e Algarve,

Testes rápidos voltam a ser comparticipados com receita médica – CNN

Os testes rápidos vão voltar a ser comparticipados nas farmácias com receita médica. De acordo com a portaria n.º 151-B/2022, esta medida