Silves aprova apoios à reabilitação urbana

O município de Silves, em reunião do executivo realizada a 25 de janeiro último, procedeu à aprovação da atribuição de apoios no âmbito das candidaturas, apresentadas em 2020, ao Programa de Apoio à Melhoria das Condições de Habitabilidade (PAHAB) e ao Programa de Apoio à Recuperação dos Jardins e Pátios Interiores (PARJPI), e que se traduzem numa comparticipação global de obras de reabilitação urbana na ordem dos 13 mil euros.

Mereceram aprovação oito candidaturas ao PAHAB, com um valor de intervenção global de 199.740 euros, comparticipados pela autarquia em 11.640 euros; e três candidaturas ao PARJPI, com um valor global de intervenção de 8.552 euros, comparticipados em 1.500 euros.

Pub

O principal objetivo do PAHAB é contribuir para a melhoria das condições de habitabilidade do edificado localizado na ARU de Silves e, assim, reforçar a atratividade dessa área de reabilitação, designadamente para fins habitacionais. A comparticipação do município de Silves fixa-se em 20% do valor máximo de despesa elegível (neste caso, o máximo da despesa elegível varia de acordo com a tipologia dos trabalhos comparticipáveis definidos em regulamento). Por sua vez, o PARJPI visa contribuir para a valorização, promoção e conhecimento do património natural e paisagístico da cidade de Silves, concretamente os espaços verdes privados localizados na ARU de Silves. Neste programa, a comparticipação da autarquia fixa-se em 20% do valor das obras realizadas, tendo como limite máximo, por intervenção, o montante de 500 euros.

As candidaturas a estes dois programas, aplicáveis ao ano 2021, encontram-se abertas até ao dia 31 de março, devendo ser formalizadas através do endereço de correio eletrónico reabilitacao.urbana@cm-silves.pt . Todos os documentos inerentes ao processo de candidatura, assim como os respetivos regulamentos, encontram-se disponíveis para consulta e download no site da autarquia.

Pub
Mais em Economia
Esperio: O banho de sangue de Wall Street pode abrir caminho para a Europa

A ameaça de um declínio perceptível nos lucros corporativos devido à escassez de dinheiro livre induzida pela inflação para os consumidores

Inflação atinge recorde de 8,1% na UE

Taxa de inflação homóloga da zona euro manteve-se estável nos 7,4% em abril, face a março, segundo informa o Eurostat.

Lagos recebeu empresários brasileiros com vista a futuras parcerias

A cidade de Lagos foi um dos pontos de passagem da delegação da missão ACIB…

Associação Empresarial de Sines e Porto de Luanda assinam protocolo

A Associação Empresarial de Sines (AES) e o Porto de Luanda assinaram um Protocolo de…