Jornal diariOnline Região Sul. O seu portal de notícias Algarve e Alentejo Portugal

Islândia: Vulcão entra em erupção pela 1ª vez em 6.000 anos

Foto: © REUTERS / VF.IS

Um vulcão na península de Reykjanes, no sudoeste da Islândia, entrou em erupção na noite desta sexta-feira (19) e gerou apreensão entre as autoridades do país nórdico.

O órgão responsável pela meteorologia do país, a Agência Meteorológica Islandesa (IMO, sigla em inglês), informou que o país precisou emitir um alerta sobre os voos na região.

"Por volta das 20:45 UTC de hoje, 19 de março, uma erupção vulcânica começou em Geldingadalur, perto de Fagradalsfjall na Península de Reykjanes [...] De acordo com planos de contingência bem ensaiados, o código de cor da aviação para a Península de Reykjanes foi elevado para vermelho, significando uma erupção em andamento", relatou o órgão.

De acordo com a notícia avançada pelo SputnikNews, a IMO acrescentou que a fenda tem cerca de 200 metros de comprimento. O clarão vermelho da lava foi supostamente visto nos arredores de Reykjavik, a cerca de 32 quilómetros de distância do local.

De acordo com meteorologistas, recorde-se, a Islândia viveu os primeiros oito dias deste mês de março acordando e adormecendo com milhares de tremores de terra, que deixaram os geólogos do país em alerta e esperando alguma evolução. De acordo com o Escritório Meteorológico da Islândia (IMO, na sigla em inglês), 20 mil tremores de terra ocorreram no país no início de março, durante uma semana. E no final de fevereiro, houve um terramoto de magnitude 5,7 Richter perto da península de Reykjanes, no sudoeste da Islândia.

Porém, esta é a primeira erupção vulcânica a ocorrer na região em quase 800 anos, segundo a notícia do SputnikNews. O vulcão estava inativo há cerca de 6.000 anos.
As autoridades fecharam a estrada principal que liga a região, da capital ao aeroporto internacional de Keflavik.

A Islândia possui mais de 30 vulcões ativos e extintos. Uma enorme erupção em 1784, do vulcão Laki, gerou uma era de fome que matou cerca de um quarto da população do país.
Em abril de 2010, a erupção do vulcão Eyjafjallajökull causou uma interrupção significativa do tráfego aéreo na Europa, tal como sucedeu com o ressurgimento do vulcão Etna.



Exit mobile version