Jornal diariOnline Região Sul. O seu portal de notícias Algarve e Alentejo Portugal

Reino Unido: alternativa à AstraZeneca para menores de 30

Foto: In Record TV Europa

Autoridades britânicas devem oferecer uma vacina alternativa devido aos sinais crescentes de que pode provocar tromboembolismos

Em comunicado, o Comité Conjunto de Vacinação e Imunização [Joint Committee on Vaccination and Immunisation, JCVI] disse que “é preferível para adultos com menos de 30 anos sem condições de saúde subjacentes que os coloquem em maior risco de doença covid-19 grave receber uma vacina alternativa” à AstraZeneca.

A decisão, de acordo com a Record TV Europa, foi tomada após o regulador Agência de Medicamentos britânica (MHRA) atualizar para 19 casos fatais entre 79 casos de pessoas que desenvolveram este problema, dos quais 51 mulheres e 21 homens entre 18 e 79 anos, contra sete mortes entre 30 casos identificados há quatro dias atrás.

“Enquanto os testes clínicos permitem avaliar efeitos normais, efeitos mais raros só são detetados quando vacina é usada em grande escala”, disse a diretora da MHRA, June Raine, numa conferência de imprensa.

No total, mais de 21 milhões de doses da vacina AstraZeneca foram administradas no país.

A responsável disse que os “sistemas de monitorização detetaram agora um potencial efeito secundário da vacina covid-19 da AstraZeneca num número extremamente mais baixo” de “casos muito raros e específicos de coágulos de sangue com número de plaquetas [sanguíneas] baixas”.



Exit mobile version