Jornal diariOnline Região Sul. O seu portal de notícias Algarve e Alentejo Portugal

Adesão “praticamente total” à greve no INATEL Albufeira Hotel

Os trabalhadores da Fundação INATEL estiveram ontem, sexta-feira, em greve pelo cumprimento do acordo de empresa e aumentos salariais, registando-se no INATEL Albufeira Hotel uma adesão “praticamente total”.

“No Hotel de Albufeira, a adesão na receção foi praticamente total e o serviço de restauração estava a ser assegurado ilegalmente por estagiários”, informou a FESAHT, em comunicado.

Segundo a Federação dos Sindicatos de Agricultura, Alimentação, Bebidas, Hotelaria e Turismo de Portugal, foi reportada “uma elevada adesão à greve em várias unidades hoteleiras e serviços”.

Ação do piquete de greve em Vila Nova de Cerveira

No Hotel de Vila Nova de Cerveira, dos 25 trabalhadores, apenas dois não aderiram à greve. Nesta unidade hoteleira, por força da ação do piquete de greve, a direção do hotel viu-se obrigada a mandar para casa três trabalhadores contratados ilegalmente depois de emitido o pré-aviso.

Também por força do piquete de greve, foram retirados das secções 14 estagiários, que recolheram às camaratas.

“Os sindicatos vão denunciar estas situações junto das autoridades competentes”, salienta a FESAHT, elogiando a resposta dada pelos trabalhadores “à falta de sensibilidade social da administração da fundação”.

“A administração da Fundação INATEL gasta ao desbarato dinheiros públicos, tem dinheiro para tudo, incluindo vaidades suas, mas desvaloriza o trabalho e os trabalhadores”, salienta a estrutura sindical, que vai convocar novamente nos próximos dias a administração da Fundação INATEL para retomar as negociações de revisão do acordo de empresa.



Exit mobile version