Jornal diariOnline Região Sul. O seu portal de notícias Algarve e Alentejo Portugal

Naftali Bennett é o novo primeiro ministro de Israel

Foto: © AP Photo / Abir Sultan / SputnikNews

O parlamento de Israel aprovou uma nova coligação de governo, pondo fim a 12 anos de liderança de Benjamin Netanyahu.

Naftali Bennett, antigo aliado de Netanyahu, venceu como seu rival, passando a presidir uma frágil coligação formada por oito partidos políticos com profundas divergências ideológicas.

No entanto, tal evento não significa que o ex-primeiro ministro israelita saia da política, uma vez que deverá permanecer como líder do partido Likud, passando a exercer o cargo de líder da oposição.

De acordo com uma notícia publicada pelo SputnikNews Brasil, Netanyahu assistiu à votação neste domingo (13) em silêncio e, no final, aceitando sua derrota, apertou a mão a Bennett antes de sair da câmara e tomar o seu lugar no novo cargo.

Deste modo, foi terminado um ciclo de dois anos de paralisia política em Israel, dentro do qual foram conduzidas eleições quatro vezes. No discurso de 'despedida' Netanyahu foi dizendo: "nós vamos voltar em breve!"

Agora, Naftali Bennett, líder de um pequeno partido ultranacionalista, terá a complexa tarefa de governar o país em conjunto com partidos das várias frentes políticas.

De referir que exceto a sua oposição a Netanyahu, há pouco em comum entre os oito partidos que formam a coligação, mas tudo parece indicar que deverão seguir uma agenda que procurará reduzir as tensões com a comunidade palestina, bem como em manter boas relações com os Estados Unidos.

Por sua vez, o presidente norte-americano, Joe Biden, já felicitou o novo primeiro ministro israelita, e voltou a afirmar o compromisso de Washington em apoiar o Estado hebraico na área da segurança.



Exit mobile version