Jornal diariOnline Região Sul. O seu portal de notícias Algarve e Alentejo Portugal

Pescador de lagosta “engolido e cuspido” por uma baleia

Foto: in WBZ TV News

Um pescador de lagosta de Massachussets (EUA) foi “engolido” por uma baleia-jubarte… e cuspido de volta. Sofreu vários hematomas e foi transportado ao hospital em Provincetown onde foi assistido.

Michael Packard, um mergulhador que se dedica à captação de lagostas disse que quase foi engolido por uma baleia num terrível encontro em Cape Cod na manhã de sexta-feira (11). Ele é mergulhador de lagosta em Provincetown há 40 anos e disse que nunca experimentou nada parecido com isto.

Packard declarou à WBZ-TV News que depois de pular do seu barco para a água, mergulhou a cerca de 15 metros de profundidade, “sentiu um enorme solavanco e tudo escureceu”. Ao princípio, temeu estar a ser atacado por um tubarão. Mas “de repente, subiu à superfície" e simplesmente "acabou por ser atirado para o ar e voltou a cair na água”, lembra o seu companheiro de jornada.

“Eu estava livre e simplesmente flutuei lá. Eu não pude acreditar. . . Estou aqui para contar” - declarações de Joe Francis, o capitão que conduzia o barco de pesca nas proximidades, parafraseando Packard.

Foto: capitão Joe Francis em declarações à WBZ TV News /  CBSN Boston

“Ele tem muita sorte em estar vivo”, disse o capitão Francis. Ele conseguiu um assento na primeira fila para a fuga estreita.

“Então!... Eu vi Mike sair voando da água primeiro com as nadadeiras e pousar de volta na água”, disse Francis à WBZ TV News.

“Eu puxei-o para bordo do barco. Nós o levantamos, tiramos-lhe o seu tanque. Peguei-o no convés ao acalmá-lo ele falou o seguinte: 'Joe, eu estava na boca de uma baleia', disse. 'Não posso acreditar, eu estava na boca de uma baleia, Joe!' ”

Packard temia que as suas pernas estivessem quebradas, mas felizmente não estavam. Conseguiu deixar o hospital no final do dia e conseguia andar, embora mancando.

Ao jeito de rodapé, diga-se que o conto da baleia invadiu as redes sociais na sexta-feira à tarde. O mergulhador de lagosta estima que terá ficado na boca da baleia durante cerca de 30 segundos.



Exit mobile version