Jornal diariOnline Região Sul. O seu portal de notícias Algarve e Alentejo Portugal

Homenagens com ‘arte que o mar apaga’ por Vítor Raposo

Desenhando com ‘arte que o mar apaga’, o artista Vítor Raposo, já foi notícia diversas vezes, pelas esculturas desenhadas na areia homenageando muitas individualidades, caso de Kobe Bryant, o Sporting Clube de Portugal, Maria João Abreu, entre muitos outros.

A mais recente homenagem de Vítor Raposo é a Neno, antigo guarda-redes e dirigente do Vitória de Guimarães, que faleceu no dia 10 de junho de forma inesperada, cujas imagens revelam bem a ‘arte que o mar apaga’.

Foi na areia da praia Maria Luísa, em Albufeira, o seu areal de eleição, que Vítor Raposo escreveu “Até sempre, Neno”, como se pode ver nas fotografias que o próprio colocou na sua página do Facebook e Instagram.

Vítor Raposo é natural da Mina de São Domingos, concelho de Mértola, no Baixo Alentejo, mas reside no Barreiro desde os 18 anos. Como tem familiares em Albufeira, em certas alturas do ano, Natal, Páscoa, etc, visita-os, fazendo do areal da Praia Maria Luísa o seu atelier.



Exit mobile version