Foto: Divulgação/Polícia Civil

Brasil: ‘serial killer’ a monte com polícia na perseguição

Lázaro de Sousa é acusado de já ter tirado a vida a cinco pessoas, ferido outras cinco, entre elas dois polícias, e de ter protagonizado diversos tiroteios.

Segundo informações, veiculadas pela Globo 1, um homem estava encapuzado e tinha duas armas, para além de usar colete à prova de bala. Procurado por mais de 200 agentes policiais, Lázaro é suspeito de matar uma família no Distrito Federal há cerca de 8 dias. O foragido tem uma extensa ficha criminal, tendo fugido três vezes da prisão e é acusado de diversos crimes, com passagens na Bahia, Distrito Federal e Goiás.

Pub

Lázaro Barbosa de Sousa, 32 anos, é suspeito de roubar uma família, atirar e ferir o dono de uma pequena propriedade (chácara - definição brasileira) em Cocalzinho de Goiás, antes de matar uma família em Ceilândia, no Distrito Federal, no último dia 9 de junho.

Task force composta por 200 polícias estão na perseguição

De acordo com a notícia da Globo 1, uma mulher foi feita refém - segundo imagens que foram gravadas por câmaras de segurança - no dia 29 de maio. O ladrão estava encapuzado, era portador de duas armas de fogo e usava colete à prova de bala, o qual, de acordo com o boletim de ocorrências da Polícia Civil, deveria tratar-se de Lázaro de Sousa.

O documento da Polícia Civil informou que o ladrão fez reféns todos os que estavam na área da casa e levou-os para uma sala, onde os obrigou a ficarem deitados com as mãos para cima.
As vítimas relataram que o assaltante estava muito nervoso e disparou duas vezes após pedir que todos entregassem os telemóveis. Um dos disparos, foi feito para o chão e os estilhaços feriram o dono da chácara. Em seguida, o assaltante fugiu com quatro telemóveis e o dinheiro que conseguiu retirar dos sequestrados.

Segundo o Globo 1, o delegado Raphael Barboza informou que algumas das imagens reveladas indiciam que o homem tem muitas características físicas de Lázaro. O policial informou ainda que o caso está a ser investigado e o inquérito está em andamento.

Pub

Uma ação (task force) musculada, composta por mais de 200 policiais do DF e de Goiás, procuram o perigoso fugitivo, tipo serial killer, há cerca de oito dias.
O secretário de Segurança Pública de Goiás, Rodney Miranda, disse que ele tem facilidade de se esconder por ser mateiro e caçador.



Pub
Mais em Internacional
Manto de neve cobre parte do sul do Brasil

Um manto de neve cobriu partes do estado de Santa Catarina no sul do Brasil que desde há alguns dias enfrenta uma invulgar vaga de frio

Portugal apoia Polónia com € 50 milhões em produtos e materiais

António Costa anunciou doação no valor de 50 milhões de euros, desde casas pré fabricadas até produtos farmacêuticos.

Primeiro caso brasileiro infetado com varíola de macaco na Alemanha

Infectado tem 26 anos e passou antes por Portugal e Espanha Na Alemanha, autoridades sanitárias…

Elon Musk reúne-se com o governo do Brasil pela ‘Amazónia’

Reunião centrada em “Conectividade e Proteção da Amazónia”. O multimilionário Elon Musk, dono da SpaceX e que recentemente…