Jornal diariOnline Região Sul. O seu portal de notícias Algarve e Alentejo Portugal

Albufeira e Loulé recuam no desconfinamento

Mariana Vieira da Silva (Foto de Arquivo)

Os municípios de Albufeira e Loulé estão entre os concelhos que vão recuar no desconfinamento à etapa anterior devido à incidência de casos de Covid-19, anunciou hoje a ministra da Presidência.

Nestes municípios – total de dez em todo o país – registaram-se duas avaliações consecutivas com incidência superior a 120 casos por 100 mil habitantes, disse Mariana Vieira da Silva, após a reunião de conselho de ministros desta quinta-feira.

Sesimbra registou, pela segunda semana consecutiva, mais de 240 casos de covid-19 por 100 mil habitantes, pelo que estará num nível de “maior restrição”, inclusive o encerramento da restauração e dos estabelecimentos às 15:30 durante o fim de semana.

“Os restantes nove concelhos encontram-se na fase em que estávamos antes desta nova fase de desconfinamento, genericamente, são eles Albufeira, Arruda dos Vinhos, Braga, Cascais, Lisboa, Loulé, Odemira, Sertã e Sintra”, apontou.

Assim, no Algarve, Albufeira e Loulé recuam no patamar de desconfinamento, o que obrigará, novamente, ao encerramento dos restaurantes, cafés e pastelarias às 22:30 horas (no interior, com um máximo de 6 pessoas por grupo; em esplanada, 10 pessoas por grupo).

Para estes municípios, as regras que estarão em vigor serão mais restritas, incluindo também o limite de espetáculos culturais até às 22:30; o teletrabalho obrigatório quando as atividades o permitam; casamentos e batizados com 50 % da lotação; comércio a retalho alimentar e não alimentar a encerrar às 21:00; a prática de todas as modalidades desportivas, sem público; a permissão de prática de atividade física ao ar livre e em ginásios; eventos em exterior com diminuição de lotação, a definir pela Direção -Geral da Saúde (DGS); e as Lojas de Cidadão com atendimento presencial por marcação.

Já o concelho de Lagos é um dos 20 municípios portugueses em situação de alerta, por ter mais de 120 casos por 100 mil habitantes.

Por outro lado, o governo proibiu a circulação de e para a Área Metropolitana de Lisboa durante o próximo fim de semana, com o objetivo de travar a  incidência de Covid-19 na região.

[Atualizada às 17:20 horas]



Exit mobile version