Jornal diariOnline Região Sul. O seu portal de notícias Algarve e Alentejo Portugal

F1: Verstappen falha saída da curva um mas vence o GP

Foto: (F1.Mania) Red Bull e Verstappen chegam ao padock final vitoriosos

Estratégia da corrida residiu completamente nas escolhas de pneus entre a Mercedes e a Red Bull, com o final em grande duelo entre Hamilton e Verstappen que acabou por conseguiu vencer

Manhã chuvosa, com bastante vento também, mas na hora da partida a pista do Circuito Paul Ricard, onde hoje se disputou o Grande Prémio de França de Fórmula 1, já se encontrava seca, prevendo-se uma corrida emocionante.

Excelente partida dos dois pilotos que ocupavam a primeira linha da grelha, Max Verstappen (Red Bull) na pole-position e Lwis Hamilton (Mercedes) ao lado, mas logo a seguir Verstappen falhava a saída da curva um (seguia pela escapatória) cedendo a liderança a Hamilton. Mais tarde, devido a uma melhor troca de pneus no team Red Bull e ao aproveitamento de Verstappen, este retomou a liderança, posição em que permaneceu até à volta 33/53, quando voltou à box para nova troca de pneus, para médios.

Lwis Hamilton assumiu o comando da prova na segunda curva, devido ao falhanço de Verstappen

Assim, Lwis Hamilton assumia a liderança da corrida, com Valteri Bottas a rolar na segunda posição e Max Verstappen na quarta posição atrás do seu companheiro de equipa Sergio Peres no regresso à pista.

O principal duelo da corrida pode considerar-se que foi protagonizado por Verstappen e Bottas, na disputa da segunda posição, com o piloto da Red Bull a levar a melhor e assim conseguia aproximar-se da liderança da corrida.

Max Verstappen saltou para a vitória, quando faltavam menos duas voltas para o final.

 

Nas últimas cinco voltas, Hamilton (com os pneus já bem desgastados) tentou resistir à pressão do piloto da Red Bull mas não conseguiu, acabando por vencer o Grande Prémio de França o piloto holandês Max Verstappen, que em Paul Ricard conseguiu a sua terceira vitória nesta temporada.

A classificação neste GP de F1 de França ficou assim ordenada:

1) Max Verstappen (Red Bull/Honda)
2) Lewis Hamilton (Mercedes)
3) Sergio Pérez (Red Bull/Honda)
4) Valtteri Bottas (Mercedes)
5) Lando Norris (McLaren/Mercedes)
6) Daniel Ricciardo (McLaren/Mercedes)
7) Pierre Gasly (AlphaTauri/Honda)
8) Fernando Alonso (Alpine/Renault)
9) Sebastian Vettel (Aston Martin/Mercedes)
10) Lance Stroll (Aston Martin/Mercedes)
11) Carlos Sainz Jr. (Ferrari)
12) George Russell (Williams/Mercedes)
13) Yuki Tsunoda (AlphaTauri/Honda)
14) Esteban Ocon (Alpine/Renault)
15) A.Giovinazzi (Alfa Romeo/Ferrari)
16) Charles Leclerc (Ferrari)
17) Kimi Räikkönen (Alfa Romeo/Ferrari)
18) Nicholas Latifi (Williams/Mercedes)
19) Mick Schumacher (Haas/Ferrari)
20) Nikita Mazepin (Haas/Ferrari)

Assim fica o Campeonato de Pilotos:

  1. Max Verstappen, 131
  2. Lewis Hamilton, 119
  3. Sergio Pérez, 84
  4. Lando Norris, 76
  5. Valtteri Bottas, 59
  6. Charles Leclerc, 52
  7. Carlos Sainz Jr., 42
  8. Pierre Gasly, 37
  9. Daniel Ricciardo, 34
  10. Sebastian Vettel, 30

No campeonato a Red Bull ganha boa vantagem entre Construtores:

  1. Red Bull/Honda, 215 pontos
  2. Mercedes, 178
  3. McLaren/Mercedes, 110
  4. Ferrari, 94
  5. AlphaTauri/Honda, 45
  6. Aston Martin/Mercedes, 40
  7. Alpine/Renault, 29
  8. Alfa Romeo/Ferrari, 2
  9. Williams/Mercedes, 0
  10. Haas/Ferrari, 0



Exit mobile version