Albufeira começa hoje desafio ambiental nos Salgados

Durante cinco dias, várias praias do concelho recebem “The Plastic Hike – O Desafio Ambiental de Albufeira”, uma iniciativa alinhada com o tema anual do Programa Bandeira Azul que, em 2021, selecionou a recuperação dos ecossistemas como área de trabalho, considerando que a sua degradação tem um impacto direto no bem-estar de cerca de 3,3 mil milhões de pessoas.

A iniciativa começou esta segunda-feira, dia 5 de julho, desde as 9h30, na praia dos Salgados e nos dias seguintes vai passar pelas praias do Inatel (dia 6), Oura (dia 7), Alemães (dia 8) e Pescadores (9). O evento, que foi aprovado pela ARS Algarve, conta com um número limitado de participantes e cumpre todas as regras emanadas pela DGS.

Pub

A iniciativa conta com o alemão Andreas Noe, conhecido por “The Trash Traveler”, com o objetivo de ajudar a população a tomar
consciência sobre a necessidade de mudar comportamentos, nomeadamente a forma como descartamos objetos de plástico,
beatas e outro tipo de lixo que muitas vezes vai parar às praias, com impacto significativo no ecossistema marinho. Este
evento surge na sequência de “The Plastic Hike”, a caminhada que o biólogo iniciou em 2020, durante o mês de agosto, que o
levou a percorrer 832 quilómetros de costa, do Minho ao Algarve.

De 5 a 9 de julho, Andreas Noe vai estar em Albufeira à frente deste desafio, transformado num programa recheado de atividades que vão da limpeza da praia, à criação de peças de arte, palestras, exposições, performances e exibição do documentário “The Plastic Hike”.

O presidente da câmara municipal de Albufeira refere que a iniciativa «é fundamental para sensibilizar residentes e turistas para a necessidade de minimizar a produção de lixo, utilizando alternativas ambientalmente sustentáveis». José Carlos Rolo destaca «o papel do município enquanto destino turístico de eleição que aposta na qualidade ambiental das suas praias, todas com bandeira azul, mas também como uma organização comprometida com a mudança de comportamentos em prol de objetivos de desenvolvimento sustentável, que se prendem com as alterações climáticas, a conservação da água e da biodiversidade, entre outras questões importantes para a preservação do planeta e da qualidade de vida das pessoas».

De 5 a 8 de julho, o programa decorre entre as 9h30 e as 11h30, enquanto na sexta-feira, dia 9, prolonga-se sensivelmente até às
19h45. Isto porque no último dia, para além da limpeza da praia, da sessão de educação “Museu Lixo Zero”, da exposição da peça
de arte criada pelo artista Henrique Keys, a partir dos resíduos recolhidos, da exposição de fotografias das peças feitas com
beatas e da exibição do documentário “The Plastic Hike”, aproveitada para abordar o tema da poluição ambiental e marinha,
Andreas Noe irá cantar e encantar ao som do seu ukelele, músicas sobre o tema.

Pub

Em agosto, o programa de educação ambiental nas praias de Albufeira prossegue com a iniciativa “O Mar Começa Aqui – Portugal Sem Beatas”.



Pub
Artigos Relacionados
Mais em Ambiente
Aspirante Geoparque apresenta “Plantas Invasoras” nas escolas de Albufeira

O aspirante Geoparque Algarvensis, constituído pelos municípios de Loulé, Silves e Albufeira, assina a ação…

Loulé: Conselho de Ação Climática com novas sinergias

Passados dois anos, o Conselho Local de Acompanhamento da Ação Climática do Município de Loulé,…

Loulé adere à “Semana das Espécies Invasoras”

De 22 de maio a 3 de junho, o Município de Loulé envolve-se na realização…

Observação de cetáceos com formação em Lagos

É já nos próximos dias 6, 7 e 8 de junho que terá lugar a…