Jornal diariOnline Região Sul. O seu portal de notícias Algarve e Alentejo Portugal

GNR deteta mais de 2.400 condutores em excesso de velocidade

A Guarda Nacional Republicana (GNR), para além da sua atividade operacional diária, levou a efeito um conjunto de operações, em todo o território nacional, entre os dias 2 e 8 de julho, que visaram, não só, a prevenção e o combate à criminalidade e à sinistralidade rodoviária, como também a fiscalização de diversas matérias de âmbito contraordenacional, tendo detetado 7.526 infrações, das quais se destacam 2.407 por excesso de velocidade.

A GNR destaca também 626 infrações por falta de inspeção periódica obrigatória, 368 por condução com taxa de álcool no sangue superior ao permitido por lei, 332 por falta ou incorreta utilização do cinto de segurança e/ou sistema de retenção para crianças, 242 por uso indevido do telemóvel no exercício da condução, 232 relacionadas com anomalias nos sistemas de iluminação e sinalização, 186 por falta de seguro de responsabilidade civil e 99 relacionadas com tacógrafos.

Durante período referido a força de segurança nacional deteve 311 pessoas em flagrante delito, destacando-se 119 por condução sob o efeito do álcool, 82 por condução sem habilitação legal, 22 por tráfico de estupefacientes, 21 por furto e roubo, 12 por posse ilegal de armas e arma proibida, 3 por incêndio florestal e 3 por violência doméstica.

A GNR apreendeu 569 plantas de canábis, 23 armas brancas ou proibidas, 18 armas de fogo, 32 munições e 40 armadilhas.



Exit mobile version