CONSULTÓRIO DECO: “Atraso no pagamento da prestação ao banco”

Muitos poderão ser os motivos que levam alguém a deixar de suportar mensalmente o pagamento das suas contas/prestações: desemprego, perda de rendimentos, doença, ou até mesmo alteração involuntária do agregado familiar.

Deixar de pagar a prestação mensal, nem que seja uma única vez, corre o risco de ver registado este incumprimento junto do Banco de Portugal (BdP). Ao não cumprir com o pagamento do valor associado ‘a tempo e horas’, está a entrar na esfera de incumprimento e com isto ver a instituição bancária reportar este mesmo incumprimento junto do Banco de Portugal.

Pub

Ao ter um incumprimento reportado junto do Banco de Portugal, será difícil ter acesso a mais crédito bancário. Ou seja, caso pretenda fazer um novo tipo de crédito, seja ele qual for, este poder-lhe-á ser negado com base na informação negativa que tem junto da base de dados do BdP.

A não concessão de crédito, prende-se com a avaliação de risco que é feita pelos bancos na hora de ceder ou emprestar dinheiro. Por norma, é sempre feita uma análise de solvabilidade (capacidade económica para suportar o pagamento do crédito), sendo também consultada a informação existente no BP relativa àquela pessoa. Caso esta seja considerada negativa, ou seja, como estando em incumprimento com o pagamento de outros compromissos bancários, o crédito não lhe será concedido, pelo risco associado (possível não cumprimento do pagamento).

Possíveis chamadas de cobrança por parte dos bancos. Sim, esta é uma realidade cada vez mais presente. Aquando da entrada em incumprimento no pagamento de créditos, é por norma acionado o departamento de cobranças, que irá ser bastante insistente nas chamadas bem como na tentativa de recuperar o valor que está em dívida. Assim, saiba que caso esteja em situação de incumprimento, pode ser assolado por chamadas por parte do seu banco para tentar reaver o montante que está em falta, de uma forma um pouco mais persistente e tenaz.

Estes são apenas alguns dos exemplos que podem ocorrer, caso esteja numa situação de incumprimento, tendo por base informá-lo e alertá-lo para o que poderá acontecer. Para mais informações contacte o GAS DECO!

Pub

Para ler o último artigo publicado aqui pela DECO Algarveclique aqui.



Pub
Mais em Consultório do Consumidor
A DECO INFORMA: “Pirataria, contrafação e impactos na economia”

Vivemos num mundo global que, apesar de ser cada vez mais tecnológico, continua a registar enormes disparidades sociais, culturais,

WORTEN: mas que “despautério”!

Das Condições Gerais dos Contratos  oferecidas em geral à massa de consumidores pela WORTEN, S.A., consta do § 2.º – cláusula 13 -, sob a

A DECO INFORMA: “Positive and Sustainable Lifestyles – o novo projecto europeu em que a DECO participa.”

PSlifestyle – Positive and Sustainable Lifestyles – é o novo projecto europeu em que a DECO participa. Queremos convidar os portugueses a ter

‘McPicanha’: sabor meramente ‘ilustrativo’

Os “Novos McPicanha”, as sands da linha da rede de’fast-food’‘McDonald’s, lançadas no Brasil com um enorme espalhafato,  não têm o corte