Foto Arquivo

Frente sul do Incêndio  é mais preocupante – CREPC

Incêndio poderá estar resolvido nas próximas horas

De acordo com o Comando Regional de Emergência e Proteção Civil do Algarve, a frente sul do incêndio que lavra nos concelhos de Monchique e Portimão é a mais preocupante.

“A frente sul /este desenvolve-se para dentro de zonas com aglomerados populacionais mais vulneráveis”, explicou Richard Marques, comandante operacional Distrital de Faro da Proteção Civil.

Pub

“Temos aproveitado a rede de faixas de gestão de combustíveis, o que tem permitido uma ação com meios aéreos e terrestres”.

“São áreas particularmente preocupantes e estão a ser tomadas as medidas necessárias para proteger as pessoas, que são a nossa grande prioridade”.

Richard Marques - comandante operacional Distrital de Faro da Proteção Civil

O Comando Regional de Emergência e Proteção Civil (CREPC) do Algarve, da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, fez o ponto de situação, ao início da noite, sobre o incêndio rural que teve início hoje, pelas 13:26 horas, no concelho de Monchique e se estendeu ao concelho de Portimão.

O incêndio está a desenvolver-se em duas frentes. A  que evolui para norte e oeste, na serra, sem “situações sensíveis”, estando a frente a ser contrariada, de momento, pela direção do vento.

Pub

Richard Marques, comandante operacional Distrital de Faro da Proteção Civil, explicou que “o trabalho está a ser feito com recurso a meios aéreos e máquinas de rasto”, estando a frente a evoluir com média intensidade.

"Estamos motivados para que a situação fique resolvida nas próximas horas", explicou.

Richard Marques,  explicou que no terreno permanecem 317 operacionais no terreno, 97 veículos estando a operar ainda 7 meios aéreos, sendo 4 aviões e 3 helicópteros. Estão ainda no terreno 6 máquinas de rasto.

Isilda Gomes, Presidente da Câmara Municipal de Portimão enalteceu “o trabalho dos homens e das mulheres que estão no terreno”.

Rui André, autarca de Monchique, deixou uma palavra a todos os que perderam bens, desejando que “o incêndio não tenha consequências maiores”, alertando para o vento que se faz sentir.

Pub

Durante a tarde foram evacuadas cerca de 30 pessoas, de um lar de idosos não licenciado e de algumas casa, tendo sido encaminhadas para a Zona de Apoio à população, no Portimão Arena.



Pub
Mais em Sociedade
Vinhos
Vinhos do Alentejo apresentam programa de produção sustentável no Reino Unido

Dar a conhecer o selo de produção sustentável, inédito em Portugal, dos vinhos do Alentejo é o objetivo da iniciativa da Comissão Vitivinícol

Janelas
Casa do Povo convida olhanenses a enfeitarem portas e janelas

A Casa do Povo do Concelho de Olhão convidou os olhanenses a participarem no evento «Janelas e Portas Floridas», enfeitando as suas casas

Símbolos heráldicos apresentados na “Linha do Tempo”

O ciclo “LOULÉ na linha do tempo” traz ao Arquivo Municipal Professor Joaquim Romero Magalhães,…

Detido em Tavira por tráfico de droga e furtos

Um homem de 36 anos foi detido ontem, 18 de maio, por tráfico de estupefacientes e furtos, na localidade de Pego do Inferno, no concelho de