(Foto de Arquivo)

CCDR/Algarve continua a considerar “prioritária” nova ligação ferroviária à Andaluzia

A Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR) do Algarve, em nome da região, voltou a defender como “prioritária” uma nova ligação ferroviária Algarve-Huelva-Sevilha.

A tomada de posição surge após a Associação Cívica Cidade de Badajoz ter apresentado um estudo sobre a ligação Lisboa-Sevilha através da Extremadura espanhola.

Pub

Em comunicado, a CCDR/Algarve salienta que a ligação entre os aeroportos internacionais de Faro e Sevilha é um “investimento estratégico” que tem recebido o apoio e suporte das associações empresariais de Sevilha, de Huelva e do Algarve, do vice-conselheiro de Fomento, Infraestruturas e Ordenamento do Território da Junta de Andaluzia e dos municípios do Algarve.

Apoio formal reafirmado

Esse apoio formal a este posicionamento foi reafirmado no passado dia 18 de junho de 2021, em ato público realizado na Câmara de Comércio de Sevilha, com a presença e subscrição de manifesto pela Comunidade Intermunicipal do Algarve (AMAL), presidida por António Miguel Pina, e pela Associação Empresarial do Algarve (NERA), presidida por Vítor Neto.

“Em nosso entendimento, a eletrificação da Linha do Algarve entre Vila Real de Santo António e Lagos, prevista concluir até ao final de 2023, deverá ser acompanhada pela reativação da linha Huelva-Ayamonte e por investimento ferroviário estruturante para o Sudoeste da Península Ibérica, ligando o Algarve à Andaluzia e à rede europeia de alta velocidade”, frisa a CCDR/Algarve.

Em paralelo, prossegue a instituição, “torna-se necessário avançar com a ligação ferroviária ligeira Faro-Aeroporto-Universidade do Algarve-Parque das Cidades (Loulé)”, assegurando, das Infraestruturas de Portugal, em sede de planos municipais de ordenamento do território, “os indispensáveis corredores e usos compatíveis com a aposta no transporte público ferroviário como contributo indispensável para a mobilidade e descarbonização”.

Pub



Pub
Mais em Política
CHUA
Chega organiza vigília pela construção do Hospital Central do Algarve

O Chega vai organizar uma vigília pela construção do Hospital Central do Algarve, no próximo dia 27 de maio, em redor das atuais instalações

Parlamento
PS apresenta proposta de alteração ao OE2022 para apressar Hospital Central do Algarve

Os deputados do Partido Socialista (PS) eleitos pelo Algarve apresentaram uma proposta de alteração do Orçamento do Estado para 2022 para

Chega
Deputado eleito pelo Algarve ouviu órgãos distritais do Chega

Pedro Pinto, deputado do Chega eleito pelo Algarve, esteve na sede regional do partido, em Faro, na passada sexta-feira, 3, para ouvir os

Bloco de Esquerda organizou Fórum da Água

Decorreu no passado dia 7 de maio no Centro Autárquico de Quarteira o Fórum da…