Jornal diariOnline Região Sul. O seu portal de notícias Algarve e Alentejo Portugal

Vulcão entra em erupção na ilha espanhola La Palma

Imagem extraída de Twitter publicado no Observador por Grabriel Garcia Lopez

As autoridades espanholas iniciaram a evacuação de pessoas com mobilidade reduzida na ilha atlântica de La Palma no domingo, quando especialistas alertaram sobre terremotos mais fortes e a ameaça contínua de uma erupção vulcânica.

Cientistas espanhóis disseram este domingo (19) que o vulcão da ilha atlântica de La Palma começou a entrar em erupção após uma semana de atividade sísmica.

A agência Associeted Press, acaba de informar que a emissora estatal espanhola TVE mostra nuvens de fumo preto e branco a subir de um ponto na crista vulcânica Cumbre Vieja da ilha.

O Instituto de Vulcanologia das Ilhas Canárias já anunciou a erupção.

Ontem já foram tomadas medidas adequadas à situação

Como medida preventiva, as autoridades ordenaram a evacuação dos residentes com mobilidade reduzida das aldeias próximas ao centro da atividade sísmica. Alguns estão a ser recolhidos num posto militar avançado na ilha.

Um terramoto de magnitude 3,8 foi registado este domingo quando as vibrações da atividade sísmica foram sentidas na superfície. O Comité Científico do Plano de Prevenção de Riscos de Vulcões, segundo a APNews, disse que terramotos mais fortes "podem ser sentidos e podem causar danos em edifícios". O comitê de especialistas científicos também sinalizou um trecho da costa sudoeste da ilha para o risco de queda de rochas.

Os serviços de emergência devem estar preparados para evacuar cerca de 1.000 pessoas, se necessário, disseram as autoridades espanholas.

Nível Amarelo por enquanto

La Palma está em alerta esta semana depois que geólogos relataram um acúmulo de rocha derretida sob Cumbre Vieja, uma crista vulcânica adormecida perto do extremo sul da ilha. Sua última erupção foi em 1971.

Os avisos de vulcões são anunciados de acordo com o nível de risco, passando por verde, amarelo, laranja e vermelho. O nível amarelo atual exige que os residentes na zona de risco estejam preparados para evacuar. Os residentes também são solicitados a relatar quaisquer avistamentos de gases, cinzas, mudanças no nível da água ou pequenos tremores aos serviços de emergência.

Geólogos espanhóis rastrearam a formação de um “enxame de terremotos” ao redor de La Palma por uma semana. Um enxame de terremotos é um agrupamento de terremotos em uma área durante um curto período e pode indicar uma erupção se aproximando.

Antes da erupção de um vulcão, há um aumento gradual na atividade sísmica que pode se acumular ao longo de um período prolongado.

La Palma, com uma população de 85.000 habitantes, é uma das oito ilhas do arquipélago das Ilhas Canárias. No ponto mais próximo da África, eles estão a 100 quilômetros (60 milhas) do Marrocos.